Coronavírus

São Paulo Covid: Vitória vacina sem exigir agendamento. Veja mais capitais

Covid: Vitória vacina sem exigir agendamento. Veja mais capitais

Primeira dose na cidade contempla população de 12 a 17 anos. Reforço irá para trabalhadores da saúde e idosos

Também haverá vacinação contra gripe em Vitória

Também haverá vacinação contra gripe em Vitória

Reprodução/Flickr

A vacinação contra a Covid-19 avança no país, e as capitais imunizam novas faixas etárias nesta quinta-feira (4), após feriado em que a maior parte delas não realizou vacinação. Na cidade de Vitória (ES), por exemplo, haverá a aplicação de todos os tipos de dose sem exigência de agendamento.

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras que divulgaram cronograma para esta quinta:

São Paulo

A cidade de São Paulo segue aplicando a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em GCMs (Guardas Civis Municipais), sepultadores e fiscais da subprefeitura nesta quinta-feira (4). Nestes funcionários públicos é aplicado somente o imunizante CoronaVac.

Os idosos com mais de 60 anos, trabalhadores da saúde maiores de idade e os imunossuprimidos, que são pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante, também podem procurar as unidades de saúde para receber o reforço.

Para os idosos, trabalhadores da saúde e funcionários públicos receberem a dose adicional, é necessário que tenham completado o esquema vacinal (com a segunda dose ou a dose única) há pelo menos seis meses. Já para os imunossuprimidos o intervalo é de 28 dias entre a segunda e a terceira dose.

Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro fará a repescagem da dose de reforço para idosos com 63 anos ou mais (que tomaram a segunda dose há até três meses) e profissionais da saúde (que tomaram a segunda dose em abril).

Vale lembrar que o prazo da segunda dose da Pfizer foi antecipado para 21 dias para aqueles com mais de 30 anos que tomaram esse imunizante.

Belo Horizonte

A prefeitura de Belo Horizonte vai aplicar a segunda dose em pessoas de 24 e 22 anos. É necessário levar cartão de vacinação, documento de identidade, CPF e comprovante de residência na capital mineira. Só poderão concluir o esquema vacinal as pessoas que cumpriram o intervalo de no mínimo oito semanas entre a aplicação da primeira e da segunda dose.

Vitória

Vitória aplicará, sem agendamento, a primeira dose nos adolescentes de 12 a 17 anos, a segunda dose de todas as vacinas (Coronavac, AstraZeneca e Pfizer) e a dose de reforço em trabalhadores da saúde e idosos com 60 anos ou mais.

Também haverá vacinação contra a influenza (gripe) para pessoas de 15 anos ou mais.

Curitiba

Curitiba vacinará adolescentes e aplica a dose de reforço para profissionais de saúde. Veja os públicos abaixo:

Primeira dose
- Adolescentes nascidos até 31 de dezembro de 2007
- Pessoas com 18 anos ou mais
- Gestantes e puérperas com 12 anos ou mais
- Adolescentes com comorbidades com 12 anos ou mais
Segunda dose
- Pessoas que têm a segunda dose agendada no aplicativo Saúde Já
- Pessoas que perderam a data da aplicação da segunda dose agendada no Saúde Já
Dose de reforço
- Profissionais de saúde vacinados com a segunda dose até 01 de março
- Idosos com 68 anos ou mais vacinados com segunda dose até 03/05
- Imunossuprimidos vacinados com segunda dose até 06/10

Salvador

João Pessoa

João Pessoa aplica todos os tipos de dose. É necessário levar documento oficial com foto e CPF; cartão do SUS (Sistema Único de Saúde) e comprovante de residência na cidade. Veja abaixo os públicos: 

São Luís

São Luís também terá a aplicação de todos os tipos de dose. Já podem se vacinar amanhã aqueles que estiverem com a segunda dose da vacina da Pfizer marcada de 1º a 28 de dezembro ou 2ª dose de AstraZeneca para marcada para 30 de novembro.

Vacinômetro R7

Últimas