São Paulo Cracolândia tem noite de confronto após ataque a tiros a base da GCM

Cracolândia tem noite de confronto após ataque a tiros a base da GCM

Tensão entre policiais e usuários de drogas provocou correria nas ruas da região. Barricadas foram montadas 

Ação da forças de segurança na Cracolândia

Ação da forças de segurança na Cracolândia

Reprodução/Record TV

As ruas da região da Cracolândia, no centro de São Paulo, vivem mais uma noite de tensão nesta quinta-feira (3). Uma base comunitária móvel da GCM (Guarda Civil Metropolitana) localizada em frente à Sala São Paulo foi atacada a tiros, afirmou o capitão Luís em entrevista ao Cidade Alerta, da Record TV.

"Quando a ação da GCM estava sendo feita na Cracolândia próximo da Estação Júlio Prestes, de dentro do fluxo, acabou ocorrendo disparos de armas de fogo contra a GCM. Um desses disparos acabou pegando um dos nossos veículos, um ônibus pequeno", afirmou o capitão. Ninguém ficou ferido. O helicoptero Águia sobravoa a região. "A GCM, o policiamento de área e o policiamento de Choque estão no entorno pra tentar encontrar atiradores e prendelos o mais rápido possível", afirmou.

Últimas