São Paulo Cremesp suspende "nutrólogo dos famosos" por denúncias de abuso

Cremesp suspende "nutrólogo dos famosos" por denúncias de abuso

Médico Abib Maldaun Neto, acusado de cometer abuso sexual contra pacientes em São Paulo, foi afastado cautelarmente, por seis meses

  • São Paulo | Marcos Rosendo e Jennifer Campos, da Agência Record

Médico Abib Maldaun Neto, o "nutrólogo dos famosos", é acusado de assédio

Médico Abib Maldaun Neto, o "nutrólogo dos famosos", é acusado de assédio

Reprodução / Record TV

O Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) anunciou a suspensão do registro de trabalho do médico Abib Maldaun Neto, o "nutrólogo dos famosos". Ele é acusado de cometer abuso sexual contra pacientes que eram atendidas em sua na clínica, nos Jardins, na zona oeste de São Paulo.

Mesmo condenado em julho deste ano a 2 anos e 8 meses de prisão, em regime semiaberto, em um processo que teve início em 2014, o médico continuava atendendo pacientes normalmente. Ele recorreu da decisão do Tribunal de Justiça.

Após o Cremesp ser questionado sobre o fato do médico continuar clinicando, mesmo condenado em primeira instância, a entidade informou que o caso estava sendo analisado em sigiloso. No entanto, nesta sexta-feira (25), o Cremesp anunciou que o médico foi suspenso cautelarmente, por seis meses, podendo ser prolongado, em decorrência de denúncias sobre abuso sexual.

"O Cremesp esclarece ainda que, mesmo com a interdição cautelar, sindicâncias e processos ético-profissionais em curso contra o médico seguirão normalmente, sob sigilo determinado por lei. O Conselho reitera ainda que - dentro de suas atribuições institucionais e de acordo com as normas legais - cumpre seu dever de apurar infrações éticas cometidas por médicos, no exercício da profissão, quando oficialmente acionado ou quando os fatos chegam ao seu conhecimento", afirmou a nota.

Canal de denúncias

O Ministério Público de São Paulo disponibilizou um canal direto por e-mail para receber denúncias de pacientes envolvendo o nutrólogo. As mulheres que preferirem podem procurar a Casa da Mulher Brasileira, que funciona 24 horas, e fica na Rua Vieira Ravasco, 26, no Cambuci,. O telefone é o (11) 3275-8000.

Nota da defesa

Em nota, a advogada de defesa do médico, Dra. Alexsandra, relata não ter conhecimento da suspensão cautelar do médico Abib Maldaun Neto, em decorrência de denúncias de abuso sexual.

Segundo a advogada, os dois processos existentes no CRM estão em andamento e ainda não existe decisão. A advogada afirma, ainda, que "causa estranheza tal informação e que não parece crível uma suposta punição antes do julgamento".

Últimas