São Paulo Cupertino pode ter pensado que filha estava grávida, diz mãe

Cupertino pode ter pensado que filha estava grávida, diz mãe

Mãe de consideração conta que há chance de mentira ter sido contada ao assassino na tentativa de permitir namoro da jovem

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Fotos mostram Cupertino na época do crime e atualmente

Fotos mostram Cupertino na época do crime e atualmente

Divulgação/Reprodução

Paulo Cupertino pode ter acreditado na hipótese de que sua filha estava grávida de Rafael Miguel no momento em que matou o ator e os pais do jovem há cerca de dois anos na zona sul de São Paulo. A revelação foi feita por Lourdes, mãe de consideração de Cupertino, com exclusividade ao Cidade Alerta, da Record TV.


Segundo Lourdes, pouco antes do assassinato, Cupertino pode ter sido avisado que a filha Isabela estaria grávida. Quem contou isso a ela foi um conhecido e ex-funcionário do criminoso. A suposta mentira, diz Lourdes, teria sido inventada pela mãe de Isabela, para que a filha pudesse namorar com Rafael.

"Eu fiquei sabendo depois de uma semana pelo seu Raul que ela, a mãe, ficou a noite inteira no Siap, festa junina, e de vez em quando ela olhava pra se ele [Cupertino] não vinha. E a Isabela tava com o menino", conta Lourdes. "Quando chegou em casa, ela falou pra filha dela: 'vamo falar que você tá grávida que ele vai deixar você namorar'. Olha a tentação. Porque ele já não queria. Ele não queria que ela namorrasse. Agora, se ela falou que ela tava grávida, nem eu sei, nem o Raul sabe."

Procurado pelo Cidade Alerta, Raul desconversou. Vanessa, mãe de Isabela Cupertino, não atendeu às ligações. Isabela disse que se trata de uma mentira. 

Cupertino atirou 13 vezes contra as vítimas. Rafael tinha 22 anos, o pai, João Alcisio Miguel, 52, e a mãe, Miriam Selma Miguel, 50. O crime aconteceu no dia 9 de junho de 2019, no bairro de Pedreira, na zona sul de São Paulo, na frente da casa da família do assassino.

A polícia empreende até hoje uma caçada em busca de Cupertino, que está na lista dos criminosos mais procurados de São Paulo.

A busca inclui incursões ao Paraná, onde ele tirou um RG falso, ao Mato Grosso do Sul, onde passou uma temporada em uma fazenda e no Paraguai, onde foi denunciado. As últimas pistas davam conta de que ele passou por Corumbá a caminho da Bolívia.

Últimas