São Paulo Curto-circuito é a principal hipótese para incêndio na Brasilândia, em SP

Curto-circuito é a principal hipótese para incêndio na Brasilândia, em SP

De acordo com os Bombeiros, o motivo das chamas seria o super aquecimento causado por equipamentos ligados a um único ponto de energia

Incêndio na Brasilândia

Curto-circuito é o principal motivo que teria ocasionado o incêndio

Curto-circuito é o principal motivo que teria ocasionado o incêndio

Divulgação/Corpo de Bombeiros

Um curto-circuito seria o motivo do incêndio que atingiu uma favela na Vila Brasilândia, na Zona Norte de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (5), matando quatro pessoas de uma mesma família. Entre as vítimas, estão duas crianças e dois adultos. 

"Existiam muitos equipamentos da comunidade abastecidos pelo mesmo ponto de energia, o que levou a um superaquecimento", disse Palumbo, porta voz dos Bombeiros de São Paulo. 

Segundo o capitão, eram habitações precárias de madeira e madeirite. Esses materiais, junto às condições climáticas, de tempo seco criam condições propícias para incêndios.

Os corpos foram encontrados nos destroços da casa de madeira onde a família residia. "Foi um incêndio de grandes proporções", afirmou Palumbo.

Por volta das 7h10 desta quinta-feira, a perícia já havia sido realizada. Os peritos tem, a partir de hoje, 30 dias para apurar os motivos que provocaram as mortes. O Corpo de Bombeiros levaram 4 horas para controlar as chamas. Foram enviados 50 homens da corporação para apagar o fogo. 

Outros quatro barracos também foram atingidos pelo fogo, mas os moradores conseguiram escapar das chamas a tempo.

    Access log