São Paulo Defesa Civil envia apoio a São Carlos após fortes chuvas e inundações

Defesa Civil envia apoio a São Carlos após fortes chuvas e inundações

Segundo o órgão, choveu 138 milímetros em pouco mais de uma hora. A chuva com granizo e os ventos provocaram estragos em toda a região central 

  • São Paulo | Do R7

Fortes chuvas provocam estragos e causam prejuízos a comerciantes em São Carlos

Fortes chuvas provocam estragos e causam prejuízos a comerciantes em São Carlos

DENNY CESARE/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

A Defesa Civil de São Paulo enviou equipes para São Carlos, no interior do Estado, depois que a cidade registrou forte chuva e inundação de toda área central na tarde de quinta-feira (26). Os trabalhos começaram no início da tempestade e continuaram de forma ininterrupta.

Leia mais: Comerciantes contabilizam prejuízos em São Carlos (SP)

Nesta sexta-feira, a Defesa Civil presta apoio ao município no levantamento dos prejuízos e reestabelecimento da normalidade. "Por determinação do Governador João Doria, a Defesa Civil do Estado prestou apoio imediato ao município, inicialmente auxiliando no atendimento às pessoas que precisaram ser resgatadas durante a inundação", afirmou o Tenente Coronel Rodrigo Quintino, diretor do Departamento Estadual de Defesa Civil.

As ações, segundo ele, foram mantidas em sequência e nesta sexta-feira estão sendo realizados trabalhos de rescaldo, contabilizando os prejuízos e prestando o apoio necessário para que a situação seja normalizada.

Segundo a Defesa Civil, choveu 138 milímetros em pouco mais de uma hora. O grande volume de chuva com granizo e as fortes rajadas de vento provocaram estragos em toda a região central de São Carlos, com prejuízos diversos a comerciantes e cidadãos em geral.

Levantamentos iniciais apontam que pelo menos 100 estabelecimentos comerciais foram inundados e sofreram danos. As ruas de São Carlos tiveram o asfalto arrancado pela força da água e estão interditadas. Além disso, até o momento, há registros de 26 veículos arrastados pela água.

Quintino determinou que os técnicos do Estado prestem apoio à Defesa Civil do município para as avaliações necessárias para uma possível decretação de situação de emergência por parte do município. Os trabalhos serão mantidos na cidade até que a normalidade seja completamente restabelecida.

O Corpo de Bombeiros efetuou o resgate de pelo menos 150 pessoas. Foram utilizadas duas embarcações e cinco viaturas, bem com o apoio do efetivo administrativo, somando o total de 14 homens no resgate de vítimas ilhadas em veículos e estabelecimentos comerciais. Polícia Militar, Guarda Municipal e Trânsito também atuaram na operação.

Últimas