São Paulo Discussão por R$ 50,00 provoca assassinato em Campinas (SP)

Discussão por R$ 50,00 provoca assassinato em Campinas (SP)

Valor que seria descontado do pagamento por uma obra do pedreiro Diego Almeida Melo, de 27 anos, motivou apedrejamento e morte da vítima

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Diego Almeida Melo, de 27 anos, foi apedrejado e esfaqueado após briga

Diego Almeida Melo, de 27 anos, foi apedrejado e esfaqueado após briga

Reprodução-Record TV

O pedreiro Diego Almeida Melo, de 27 anos, foi apedrejado e morto na madrugada do dia 27 de junho, em Campinas, no interior de São Paulo, em razão de uma discussão pelo desconto de R$ 50,00 no orçamento de uma obra. Além de escoriações, haviam duas perfurações de faca no corpo da vítima: uma no rosto e outra na região lombar. As informações são da Record TV.

O desentendimento começou em meio ao expediente de trabalho. O contratante, Mailson Rodrigues Nunes, de 23 anos, avisou que pagaria os serviços de Diego, mas descontaria R$50,00 por entender que o serviço do ajudante de pedreiro era inferior ao esperado. Irritado com a quebra do valor previamente combinado, Diego deixou a obra inacabada e foi embora para casa.

Conhecido como Ceará, o pedreiro fez uma festa para amigos e convidou Maílson. Porém, durante o evento, ambos voltaram a discutir em razão da diferença de pagamento pela obra.

Houve uma briga e Maílson esfaqueou Diego. Parentes do acusado que estavam na festa também teriam participado das agressões à vítima, conforme revela um vídeo gravado no momento da confusão.

Agora, o suspeito está foragido e a Polícia Civil investiga o crime. Diego deixou dois filhos: um garoto de seis e outro de quatro anos.

Últimas