Doações privadas para combate à covid-19 em SP passam de R$ 653 mi

Montante foi arrecadado pelo governo junto a 362 empresas em reuniões do Grupo Empresarial Solidário de São Paulo. Todo o processo é auditado

Doações privadas para combate à covid-19 em SP passam de R$ 653 milhões

Doações privadas para combate à covid-19 em SP passam de R$ 653 milhões

Pixabay

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (18) a arrecadação total de R$ 653,5 milhões em doações da iniciativa privada para aplicação exclusiva em ações de combate ao novo coronavírus. O montante foi obtido junto a 362 empresas em reuniões semanais do Grupo Empresarial Solidário de São Paulo.

“Não é fácil, em meio a uma pandemia e a uma dificuldade econômica tão expressiva, ter uma arrecadação de R$ 653 milhões, que obtivemos em nove reuniões com empresários. A eles, eu sinceramente agradeço pela demonstração de compaixão, de humanidade e de muita solidariedade com aqueles que são desvalidos e representam a população mais sofrida diante dessa grave crise”, afirmou Doria.

Leia mais: Projetos sociais e doações ajudam Heliópolis (SP) a enfrentar pandemia

As doações das últimas duas reuniões por teleconferência, realizadas em 11 e 18 de maio, chegaram ao montante de R$ 76 milhões. Todo o processo está sendo auditado pela PricewaterhouseCoopers Brasil, com apoio da Deloitte na organização dos processos.

Empresas e entidades fizeram as doações por meio de recursos financeiros, serviços e produtos como alimentos, itens de higiene, equipamentos hospitalares e de proteção individual para profissionais da saúde e das forças de segurança, entre outros materiais.

Veja também: Moradores de Paraisópolis pedem apoio do governo sobre "lockdown"

“A prioridade dessas doações é o plano social, para auxílio a pessoas em estado de pobreza e de extrema pobreza. Obviamente que isso não isenta o investimento do Estado. O governo destinou R$ 1,2 bilhão para apoiar comunidades e, principalmente, prefeituras nas ações de proteção social”, pontuou o governador.

Como doar

O Governo de São Paulo tem uma comissão responsável por organizar doações de entes privados e sociedade civil durante a crise do coronavírus. São aceitas doações em dinheiro, serviços e materiais, de acordo com critérios estabelecidos pela Secretaria de Estado de Saúde.

O Estado elaborou uma cartilha para orientar doadores a contribuir sem a incidência de impostos. As doações em dinheiro são concentradas no Fundo Social de São Paulo.