Dono de fábrica é preso por vender álcool gel sem autorização em SP

Polícia encontrou mil litros do produto já para ser embalado e outros 250 frascos prontos para venda. Compradores também serão investigados

Mil litros de álcool gel já estavam prontos para serem embalados para venda

Mil litros de álcool gel já estavam prontos para serem embalados para venda

Reprodução / Record TV

O dono de uma fábrica de álcool em gel foi preso em flagrante em São Paulo nesta terça-feira (24) depois de uma denúncia anônima. No local, a polícia encontrou 1.000 litros do produto estocado já para ser embalado e revendido e outros 250 frascos prontos para venda. As informações são da Record TV.

Leia mais: SP adota novas regras em feiras livres e proíbe consumo no local

O homem responsável pela fábrica tinha autorização para produzir alguns produtos, mas não o álcool em gel, por isso foi conduzido à delegacia. A pena para o crime pode chegar a 15 anos de reclusão. 

Veja também: Prefeitura de SP reduz circulação de ônibus durante surto da covid-19

Agora os produtos serão periciados para saber a procedência e se houve mistura no preparo. A polícia vai investigar quem são os compradores e pretende ouví-los também.