São Paulo Doria critica Gabigol após ida a cassino: 'Que péssimo exemplo'

Doria critica Gabigol após ida a cassino: 'Que péssimo exemplo'

Segundo autoridades que estiveram no local, jogador foi encontrado pelos policiais se escondendo abaixo de uma mesa

  • São Paulo | Do R7

Gabigol foi detido em cassino na madrugada deste domingo

Gabigol foi detido em cassino na madrugada deste domingo

Divulgação/Polícia Civil

O governador João Doria (PSDB) criticou nesta segunda-feira (15), durante coletiva de imprensa, a presença do atacante Gabigol, do Flamengo, em um cassino clandestino em São Paulo (SP) na madrugada deste domingo (14). O atleta foi detido no local após fiscalização da Polícia Civil paulista.

“Em meio à pandemia, gente brincando em cassino, atividade ilegal proibida por lei. Se divertindo, bebendo, sem máscaras. Que péssimo exemplo de alguns personagens que lá foram e se esconderam embaixo da mesa de jogo”, afirmou Doria.

Segundo autoridades da polícia que estiveram no local, o jogador foi encontrado pelos agentes se escondendo abaixo de uma mesa.

O governador paulista aproveitou para elogiar a atitude das pessoas que, ao longo do final de semana, denunciaram festas clandestinas em todo o Estado. “Essa força-tarefa mostrou competência, eficiência e agilidade, e muito pela atitude de pessoas corretas que discaram 190”, comentou.

Gabigol não entrou em campo na derrota do Flamengo neste domingo (14) por 1 a 0 para o rival Fluminense, pelo Campeonato Carioca.

Últimas