Doria prometeu transparência a famílias das vítimas de Paraisópolis

Ficou definido um novo encontro com a presença do governador e de familiares das nove vítimas da tragédia no Baile da 17

Doria recebe familiares das jovens mortos em Paraisópolis

Doria recebe familiares das jovens mortos em Paraisópolis

Divulgação/ Governo de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, recebeu na noite desta quarta-feira (4) familiares das vítimas e líderes comunitários da favela de Paraisópolis após a promoção de uma manifestação contra a ação policial que resultou na morte de nove jovens na comunidade.

No encontro, o governador ouviu relatos de duas mães que perderam seus filhos e reiterou o compromisso de rigor e transparência em relação à investigação das mortes ocorridas na madrugada do último domingo (1º).

'Foi horrível, estavam agredindo sem dó', diz MC sobre Baile da Dz7

Na reunião, que durou duas horas, também estavam presentes integrantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB, o presidente do Condepe, Dimitri Sales, o secretário da Segurança Pública, General João Camilo Campos, o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Walter Nyakas, o chefe de gabinete do governador, Wilson Pedroso, e o líder comunitário da Favela de Paraisópolis, Gilson Rodrigues.

O grupo definiu ainda que um novo encontro será realizado no Palácio dos Bandeirantes na segunda-feira (9), com a presença do governador e de familiares das nove vítimas.