Coronavírus

São Paulo Drive-thru reforça vacinação de idosos com mais de 90 anos em SP

Drive-thru reforça vacinação de idosos com mais de 90 anos em SP

A partir desta segunda-feira (8), 5 pontos passam a vacinar quem passa de carro e 4 centros-escola também aplicam doses

Idosos com mais de 90 anos começaram a ser vacinados nesta sexta-feira (5) em SP

Idosos com mais de 90 anos começaram a ser vacinados nesta sexta-feira (5) em SP

Aloísio Maurício / Estadão Conteúdo / 05.02.2021

A partir desta segunda-feira (8), cinco pontos de drive-thru e quatro centros-escola passam a reforçar a vacinação da idosos de mais de 90 anos, iniciada na sexta-feira (5), na cidade de São Paulo.

Os pontos de drive-thru funcionam das 8 às 17h. Os postos estão localizados no Estádio do Pacaembu, na Arena Corinthians, no Autódromo de Interlagos, no Anhembi e na Igreja Boas Novas, na Vila Prudente.

Os quatro centros-escola ficam nos seguintes endereços:

- Centro-Escola Barra Funda (Av. Dr. Abrahão Ribeiro, 283);
- Centro-Escola Vila Mariana (Rua Ambrosina de Macedo, 94);
- Centro-Escola Geraldo de Paula Souza (Av. Dr. Arnaldo, 925) e
- Centro-Escola Samuel Barnsley Pessoa – Butantã  (Av. Vital Brasil, 1.490).

A previsão da prefeitura é de imunizar mais de 32 mil idosos. A vacinação desta população completa a primeira fase do grupo prioritário formado por profissionais da saúde, indígenas, quilombolas, residentes em instituições de longa permanência e pessoas com deficiências.

No dia 15 de fevereiro, começa a vacinação de um segundo grupo, entre 85 a 89 anos. Segundo o Governo de São Paulo, no total, serão imunizados 206 mil idosos acima de 90 anos e outros 309 mil com mais de 85 em todo o estado.

Pré-cadastro

O governo orienta a realização do pré-cadastramento no site Vacina Já. Presencialmente, em média, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos. A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações.

Saiba como fazer o pré-cadastro

Vale ressaltar que não se trata de um agendamento e que não é obrigatório para receber a vacina. O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que participe dos públicos previstos na campanha.

Últimas