Coronavírus

São Paulo Em meio à pandemia, polícia fecha bingo clandestino na zona sul de SP

Em meio à pandemia, polícia fecha bingo clandestino na zona sul de SP

Mesmo com restrições, estabelecimento funcionava com 15 frequentadores e 150 máquinas caça-níqueis foram apreendidas

  • São Paulo | Letícia Assis e Rodrigo Balbino, da Agência Record

As 150 máquinas caça-níqueis foram apreendidas e levadas em caminhão da prefeitura

As 150 máquinas caça-níqueis foram apreendidas e levadas em caminhão da prefeitura

Reprodução Record TV

A Polícia Civil flagrou cerca de 15 pessoas aglomeradas em um bingo na Vila Santo Estéfano, zona sul de São Paulo, na noite desta terça-feira (30).

Após denúncia, por volta de 22h30 os agentes estiveram no estabelecimento, que fica na Rua Divino Laranjeiras, número 229. Segundo a polícia, no local funcionava um bingo clandestino.

No imóvel, cerca de 15 pessoas foram flagradas utilizando as máquinas caça-níqueis. A grande maioria dos frequentadores não utilizava máscaras de proteção contra o novo coronavírus. Eles foram levados para a delegacia.

De acordo com a Record TV, o estabelecimento foi lacrado pela polícia e as 150 máquinas caça-níqueis foram apreendidas e colocadas em um caminhão da prefeitura.

Além do desrespeito às restrições impostas pelo Governo de São Paulo na fase emergencial para tentar conter o avanço da covid-19, os jogos de azar são proibidos no Brasil.

A operação ocorre em meio ao período mais crítico da pandemia. Somente serviços essenciais devem funcionar no estado e há toque de recolher entre 20h e 5h.

Esse tipo de ação da polícia tem se tornado comum nos últimos dias, quando agentes cercam casas de jogos e festas clandestinas. Nesta terça-feira (30), uma tabacaria na zona leste da capital com cerca de 150 pessoas foi flagrada em funcionamento pelo comitê de blitz do Governo de São Paulo.

Últimas