São Paulo Em SP, dois funcionários de clínica de dependência química são mortos

Em SP, dois funcionários de clínica de dependência química são mortos

Um terceiro conseguiu fugir dos criminosos, na madrugada desta quarta-feira (14). Caso foi registrado no 56° DP (Vila Alpina)

Funcionários foram executados dentro de carro na zona leste de São Paulo

Funcionários foram executados dentro de carro na zona leste de São Paulo

Reprodução Record TV

Dois monitores de uma clínica para dependentes químicos foram executados no Parque São Rafael, na zona leste de São Paulo, por volta das 0h58 desta quarta-feira (14). Um terceiro conseguiu fugir dos criminosos.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, Danilo Aparecido Siqueira, de 31 anos, e Alberto de Souza Lopes, de 26 anos, foram mortos baleados na rua Firmino Alves.

Policiais militares contaram que encontraram as vítimas dentro do veículo Fiat Uno verde. Antes de morrer, Siqueira chegou a dizer aos agentes que quem atirou foi um homem chamado Isaac.

Uma terceira vítima, que os acompanhava, disse que os três foram encontrar um paciente. No local, foram surpreendidos por um suspeito que atirou contra eles. Ele conseguiu sair do veículo sem ser atingido, fugiu, e acionou a polícia.

O caso foi registrado no 56° DP (Vila Alpina), como homicídio qualificado, que requisitou assessoramento do DHPP (Departamento de Homicídio e de Proteção à Pessoa) para investigação.

    Access log