Novo Coronavírus

São Paulo Em SP, uso de ônibus como principal meio de transporte cai na pandemia

Em SP, uso de ônibus como principal meio de transporte cai na pandemia

Estudo aponta que 35% dos entrevistados disseram que os coletivos são o meio mais utilizado na pandemia de covid-19; em 2019, eram 47%

Queda no uso foi de 12% entre 2019 e 2020

Queda no uso foi de 12% entre 2019 e 2020

Paulo Marques/Photo Press/Folhapress - 16.07.2020

O uso dos ônibus municipais como principal meio de transporte na capital paulista apresentou em 2020 uma queda considerável em relação ao ano passado, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (15) pela Rede Nossa São Paulo.

Entre os entrevistados, 35% disseram que os ônibus são o meio mais utilizado durante a pandemia de covid-19. Em 2017 e 2019, eram 47%; em 2018, 43%.
A mudança na rotina e a busca por hábitos mais seguros de deslocamento em meio ao surto do coronavírus, tese apontada pelo estudo, seriam a influência para a queda de 12% entre o ano passado e 2020.

Outras formas de transporte público também tiveram queda: entre 2019 e 2020, as quantidades de usuários de metrô e trem caíram, respectivamente, de 12% a 8% e de 4% a 2% entre os entrevistados.

No mesmo caminho do que defenderam os pesquisadores, houve aumento no uso dos meios de transporte individual (ou particular), como carro próprio (de 20% a 25%), aplicativos (5% a 6%), bicicleta (2% a 3%), moto (0% a 1%) ou deslocamento a pé (6% a 15%) – este último, o acréscimo mais significativo.

Estas mudanças de hábito fizeram com que, pela primeira vez nos quatro anos de pesquisa, mais paulistanos usassem meios de transporte particular (52%) do que público (48%).

Entre estes 48% que permaneceram usando o transporte público em meio à pandemia, o perfil traçado pela pesquisa foi de mulheres; de classes D e E; pessoas autodeclaradas pretas ou pardas; de escolaridade fundamental; com renda familiar mensal até dois salários mínimos; e, por fim, da região sul da capital paulista.

Últimas