Novo Coronavírus

São Paulo Em um mês, cidade de SP aplica mais de 533 mil doses contra covid

Em um mês, cidade de SP aplica mais de 533 mil doses contra covid

Profissionais de saúde começaram a receber segunda dose do imunizante e prefeitura ampliou público prioritário na campanha

  • São Paulo | Do R7

Em um mês de campanha, cidade de SP aplica mais de 533 mil doses contra covid-19

Em um mês de campanha, cidade de SP aplica mais de 533 mil doses contra covid-19

Mussa Qawasma/Reuters - 3.2.2021

A cidade de São Paulo completou, nesta sexta-feira (19), um mês do início da campanha de vacinação contra a covid-19. De acordo com balanço parcial da Secretaria Municipal da Saúde, 533.177 doses foram aplicadas na capital até quinta-feira (18). Do total, foram 438.623 aplicações de primeira dose e 94.554 já da segunda.

O primeiro lote com 203 mil doses chegou no dia 19 de janeiro e foi destinado à imunização dos profissionais da linha de frente da saúde, idosos residentes em Instituições de Longa Permanência, indígenas aldeados e quilombolas. 

No dia 20, teve início a aplicação da primeira dose em indígenas aldeados da capital. No dia 5 de fevereiro, foi a vez de pessoas a partir de 90 anos começarem a receber a vacina. Foram instalados cinco postos drive-thru para garantir acessibilidade e segurança aos mais idosos.

O cronograma de vacinação foi ampliado para os profissionais de saúde com 60 anos ou mais a partir de 9 de fevereiro. No dia 11, idosos de 85 e 89 anos começaram a receber as primeiras doses. Já no dia 12, a campanha se estendeu a pessoas em situação de rua com 60 anos ou mais.

Na última quarta-feira (17), um novo grupo de profissionais foi incluído: trabalhadores da Saúde dos hospitais públicos municipais e estaduais, trabalhadores da Rede de Atenção à Saúde Municipal e de Serviços de Diagnóstico, que realizam coleta e análise de amostra de RT-PCR e exames de imagem (Raio-X e Tomografia), também funcionários das ambulâncias, sepultadores, veloristas, cremadores e condutores de veículos funerários e ainda as equipes do IML (auxiliares de necropsia, médicos legistas, atendentes de necrotério).

Vacinação

A imunização pode ser feita nas 468 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), de segunda a sexta, das 7h às 19h, com CPF, cartão SUS, comprovante de residência ou registro profissional. Para evitar aglomerações, é recomendado o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br). 

Nas UBSs com sistema drive-thru, a vacinação ocorre das 8h às 17h, e nas AMAS/UBSs Integradas, das 7h às 19h, inclusive aos sábados.

Os cinco postos drive-thru oferecem a dose de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. São eles:

1. Praça Charles Muller - Estádio do Pacaembu (Zona Oeste)

2. Arena Corinthians (Zona Leste)

3. Autódromo de Interlagos - Rua Jacinto Júlio, nº 589 – Portão 9, entrada KRF (Zona Sul)

4. Centro de Exposições do Anhembi - Rua Olavo Fontoura – Portão 38 (Zona Norte)

5. Igreja Boas Novas, na Vila Prudente - Rua Marechal Malet, 535 - Parque da Vila Prudente (Zona Leste)

Nos três centros-escolas, a vacinação acontece de segunda a sexta, das 8h às 17h.

1. Centro-Escola Barra Funda - Av. Dr. Abrahão Ribeiro, 283, Bom Retiro

2. Centro-Escola Geraldo de Paula Souza - Av. Dr. Arnaldo, 925, Sumaré

3. Centro-Escola Samuel Barnsley Pessoa – Av. Vital Brasil, 1.490, Butantã

Últimas