São Paulo Escalada de violência continua e mais 22 pessoas são assassinadas em 24 horas

Escalada de violência continua e mais 22 pessoas são assassinadas em 24 horas

Polícia diz que vai intensificar o patrulhamento em algumas regiões

Escalada de violência continua e mais 22 pessoas são assassinadas em 24 horas

Os números da violência em São Paulo que não param de crescer. Ao todo, 22 pessoas foram assassinadas na capital e região metropolitana nas últimas 24h.

Uma das vítimas foi um rapaz de 20 anos. Ele levou três tiros na cabeça e morreu na hora. Mesmo assim, o criminoso ainda disparou mais duas vezes na altura do peito jovem, que trabalhava como ajudante de caminhoneiro. Ele estava sozinho do lado de fora da empresa esperando o motorista quando um homem se aproximou e fez os disparos.

Leia mais notícias de São Paulo

Segundo a polícia, o criminoso não foi visto pelos moradores do bairro e fugiu sozinho, a pé. Como esse, outros crimes parecidos ocorreram em bairros das zonas norte, sul e leste da capital, e em cidades da região metropolitana.

Em São Caetano, na Grande São Paulo, foi enterrado o corpo do agente penitenciário, executado com dez tiros. Ele trabalhava na portaria do centro de detenção. Em campinas, no interior do estado, as marcas de tiros ficaram no portão da casa de uma PM, mas ela conseguiu escapar.

A polícia diz que vai intensificar o patrulhamento e que se empenha para esclarecer os crimes.

Assista ao vídeo: