São Paulo Escolas trocam sirene por músicas no Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Escolas trocam sirene por músicas no Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Colégios receberam cordões azuis para serem fixados na parte externa com a identificação das ações de conscientização

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Freepik

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo é celebrado neste sábado (2), e uma prefeitura do interior de São Paulo decidiu realizar uma campanha sobre o TEA (Transtorno de Espectro Autismo), trocando sirenes por músicas nas escolas. Trata-se da Prefeitura de Araçatuba, que quer pretende engajar a comunidade escolar e a socidade nessa reflexão.

As escolas da cidade agora precisarão tocar música em horários como o do início do intervalo ou final das aulas para não provocar a irritabilidade das pessoas nessas condições. Além disso, cada unidade escolar recebeu um cordão azul para ser fixado na parte externa da escola, com a identificação da ação.

As escolas também receberam uma arte para impressão colorida de bótons para serem usados durante a semana de 4 a 8 de abril, extensivo àquelas que desejarem. Outros espaços oficiais, como secretaria, prefeitura e ônibus de transporte escolar também utilizam o laço azul.

O objetivo é conscientizar a população e tornar a cidade cada vez mais acessível aos cidadãos com esse tipo de transtorno. As postagens voltadas ao tema usarão a hashtag #AutistaEmTodoLugarEducacaoAraçatuba, com fotos de ações dos alunos em atividades inclusivas e textos informativos com o objetivo de gerar conhecimento e diminuir a discriminação e preconceito.

Essa mesma tag também estará nos transportes públicos da cidade. Ainda durante o mês, outras ações específicas com a temática serão realizadas para expressar engajamento na causa da conscientização sobre o autismo e demonstrar a inclusão social por meio do acolhimento aos autistas e seus familiares.

Últimas