Estação da Luz tem aglomeração nesta quarta-feira (13)

Imagens da Record TV registram plataformas de Metrô lotadas de passageiros, além de aglomerações em terminais de ônibus municipais

Passageiros aglomerados no final da tarde desta quarta-feira (13)

Passageiros aglomerados no final da tarde desta quarta-feira (13)

Reprodução/ Record TV

A cidade de São Paulo registrou aglomerações em terminais de ônibus e linhas do metrô no final da tarde desta quarta-feira (13). Na Estação da Luz, Linha 4- Amarela do Metrô, imagens da Record TV mostraram vários passageiros aglomerados enquanto esperavam pela chegada das composições. 

A redução da circulação de pessoas é o principal objetivo da quarentena imposta pelos governos estadual e municipal para conter a pandemia do novo coronavírus. Um dos motivos para a elevação do número de usuários no sistema de transporte coletivo seria o retorno do rodízio de veículos na capital paulista, com regras mais rígidas.

Leia mais: Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

No Terminal Santana, na zona nodrte da cidade, passageiros foram vistos em longas filas enquanto aguardavam a chegada dos ônibus. Os cidadãos reclamaram da demora dos ônibus e da lotação dentro deles. 

O decreto do novo rodízio de veículos na cidade de São Paulo é questionado na Justiça. A SPTrans afirmou que suas equipes monitoram a movimentação de passageiros e "farão os ajustes necessários para adequar a frota à demanda".

megarrodízio paulistano moveu uma ação do Ministério Público do Estado, que pediu a suspensão da medida, em vigor desde a última segunda-feira (11). A Promotoria também considerou que ainda não recebeu estudos da Prefeitura de São Paulo que embasem a decisão.

Por isso, a prefeitura colocou mais de 1.000 ônibus estão em circulação na capital paulista para atender a população que precisa se deslocar durante a quarentena. Outros 600 veículos estarão em bolsões próximos a terminais em caso de necessidade. 

Mortes por covid-19 no Estado

Em todo o estado de São Paulo, são 51.097 casos, incluindo 4.118 óbitos. O isolamento social segue registrando taxas abaixos de 60% na capital, índice considerado ideal pela prefeitura. 

Passageiros reclamaram de ônibus que lotavam durante o trajeto

Passageiros reclamaram de ônibus que lotavam durante o trajeto

Reprodução/ Record TV