São Paulo Estado de SP tem 43 mil mortes e 1.29 milhão de casos de covid-19

Estado de SP tem 43 mil mortes e 1.29 milhão de casos de covid-19

Segundo o governo, taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 63% na Grande SP e 56% no estado, que possui 10 mil pacientes internados

  • São Paulo | Do R7

Governador João Doria anunciou início do calendário de vacinação

Governador João Doria anunciou início do calendário de vacinação

Governo do Estado de São Paulo - 01.12.2020

O estado de São Paulo soma 43.040 mortes e 1.288.878 casos confirmados do novo coronavírus, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira pelo governo. A capital paulista já registrou 14.705 óbitos pela doença. Já o número de pacientes internados é de 10.095.

Leia também: Brasil tem 177,3 mil mortes por covid e 6,62 milhões de casos

Ainda de acordo com o balanço oficial das autoridades paulistas, 1.148.250 pessoas diagnosticadas com a covid-19 estão recuperadas e outras 138.889 que haviam sido internadas já tiveram alta hospitalar.

Ocupação de leitos

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 63,1% na Grande São Paulo e 56,3% no Estado. O número de pacientes internados é de 10.095, sendo 5.710 em enfermaria e mais 4.385 em unidades de terapia intensiva.

Segundo o governo do estado, os 645 municípios têm atualmente pelo menos uma pessoa infectada, sendo 598 com um ou mais óbitos. A relação de casos e óbitos confirmados por cidade pode ser consultada no site saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Perfil da mortalidade

Entre as vítimas fatais da doença em São Paulo, estão 24.743 (57,5%) homens e 18.297 (42,5%) mulheres. Os óbitos permanecem concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 76,7% das mortes.

Observando faixas etárias, nota-se que a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (11.129), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (10.169) e 80 e 89 anos (8.828). Entre as demais faixas estão os: menores de 10 anos (54), 10 a 19 anos (75), 20 a 29 anos (346), 30 a 39 anos (1.217), 40 a 49 anos (2.782), 50 a 59 anos (5.539) e maiores de 90 anos (2.901).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (59,9% dos óbitos), diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (10,9%), renal (9,4%), pneumopatia (8,3%). Outros fatores identificados são obesidade (8,2%), imunodepressão (5,5%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,7%), Síndrome de Down (0,4%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%).
Esses fatores de risco foram identificados em 34.542 pessoas que faleceram por COVID-19 (80,3%).

Perfil dos casos

Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 599.705 homens e 682.883 mulheres. Não consta informação de sexo para 6.290 casos.

A faixa etária que mais concentra casos é a de 30 a 39 anos (303.967). As demais são: menores de 10 anos (32.723), 10 a 19 (63.806), 20 a 29 (221.704), 40 a 49 (263.792) 50 a 59 (191.673), 60 a 69 (116.832), 70 a 79 (58.780), 80 a 89 (27.224) e maiores de 90 (7.608). Não consta faixa etária para outros 769 casos.

Últimas