São Paulo Estado de SP tem isolamento de 54% neste domingo (17) 

Estado de SP tem isolamento de 54% neste domingo (17) 

Índice é igual ao registrado no domingo anterior. Estado e cidade de São Paulo buscam antecipar feriados para manter o isolamento acima de 50%

  • São Paulo | Do R7

Neste domingo (17), o Estado calculou lotação de 73,8% dos leitos de UTI

Neste domingo (17), o Estado calculou lotação de 73,8% dos leitos de UTI

SUAMY BEYDOUN/ESTADÃO CONTEÚDO-18/05/2020

O  isolamento social no Estado de São Paulo foi de 54% neste domingo (17), taxa  igual à registrada na semana anterior, conforme aferição do SIMI (Sistema de Monitoramento Inteligente). Com 62.345 doentes e 4.782 mortosna soma dos 645 municípios, São Paulo é o epicentro do novo coronavírus no Brasil, e tem testado diferentes táticas para promover o isolamento e evitar o contágio.

Leia mais: Covas anuncia fim do rodízio ampliado e cobra maior isolamento

A capital registrou 56% de isolamento social, taxa ligeiramente maior à registrada há uma semana (54%). Após o início da quarentena, os governos estadual e municipal de São Paulo se uniram para antecipar os próximos com a intenção de incentivar o distanciamento social e evitar a sobrecarga do sistema de saúde.

Neste domingo (17), o Estado calculou lotação de 73,8% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A capital tem 91% de suas unidades intensivas preenchidas nos hospitais municipais. 

O SIMI analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. Com isso, é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

O sistema é viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que o Governo de São Paulo possa consultar informações agregadas sobre deslocamento no Estado. As informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário.

SP tem transporte público lotado e trânsito intenso com rodízio comum

Últimas