São Paulo Estivadores invadem por mar terminal do Porto de Santos

Estivadores invadem por mar terminal do Porto de Santos

Polícia Federal negocia a saída dos manifestantes; protesto afetou carregamento nesta manhã

  • São Paulo

Cerca de 250 estivadores do Porto de Santos invadiram por mar o terminal da Embraport (Empresa Brasileira de Terminais Portuários), da Odebrecht TransPort em parceria com DP World e Coimex. De acordo com a Polícia Militar, a ação ocorreu por volta das 13h30 desta quinta-feira (11). Como terminais portuários são área de domínio federal, a PF está no local negociando a saída dos manifestantes.

Os estivadores reivindicam que a empresa contrate somente trabalhadores cadastrados no OGMO (Órgão Gestor de Mão de Obra). Com base na nova Lei dos Portos, a Embraport está recrutando os novos funcionários por meio do regime de CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), o que possibilita a contratação de profissionais não ligados ao sindicato.

Nesta quarta (10), aproximadamente 500 estivadores suspenderam as atividades do porto, afetando o carregamento de contêineres e de cargas soltas, em geral, durante o período da manhã. Em nota, a empresa informou que tem dado preferência aos trabalhadores registrados e cadastrados no OGMO, mas o vínculo empregatício permanece com base na CLT.

Últimas