Estudante de Geografia morre em acidente dentro da USP

Filipe Varea Leme, de 21 anos, trabalhava como monitor na sala de informática da Poli. Falecimento ocorreu na tarde desta terça-feira (30)

Morte ocorreu dentro do campus da USP, em São Paulo

Morte ocorreu dentro do campus da USP, em São Paulo

George Campos/USP Imagens/Divulgação

Um estudante da USP (Universidade de São Paulo) morreu depois que um armário caiu sobre ele em um elevador dentro do campus, na capital paulista, na tarde desta terça-feira (30).

Filipe Varea Leme, de 21 anos, cursava Geografia e trabalhava como monitor na sala de informática da Poli (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo).

Leia mais: Domingo Espetacular relembra o calouro encontrado morto na USP

Por volta das 16h, o estudante carregava um armário junto com um colega. Ao entrarem no elevador para deficientes, o armário caiu sobre o estudante, que ficou desacordado. O resgate foi acionado, mas Leme não resistiu aos ferimentos.

Integrantes do Grêmio Estudantil da Poli disseram que o estudante morreu quando entrou no elevador com o armário, mas ainda não se sabe exatamente como ocorreu o acidente — se o armário caiu sobre o aluno ou se o elevador despencou por excesso de peso.

O corpo do estudante foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) Central e o laudo deve mostrar qual foi a causa da morte do estudante. O caso foi registrado no 93º Distrito Policial (Jaguaré).

Em nota, a USP lamentou, profundamente, o falecimento do estudante. "A direção da Poli ressalta que preza pela adoção das medidas de segurança necessárias para a rotina do trabalho dentro de suas dependências", escreveu. A instituição afirma que "prestará todos os esclarecimentos necessários para a elucidação dos fatos junto às autoridades competentes".

"Neste momento de profunda dor, a Universidade se solidariza com familiares, amigos e toda a comunidade acadêmica. O Escritório de Saúde Mental da Universidade está prestando apoio à família", finaliza o texto.