São Paulo Faixas exclusivas para ônibus têm apoio de 93% dos paulistanos, diz Ibope

Faixas exclusivas para ônibus têm apoio de 93% dos paulistanos, diz Ibope

Índice de aprovação entre os usuários frequentes de carro é de 86%

Faixas exclusivas para ônibus têm apoio de 93% dos paulistanos, diz Ibope

Secretário de Transportes se disse surpreso com resultado da pesquisa

Secretário de Transportes se disse surpreso com resultado da pesquisa

Daia Oliver/R7

Uma pesquisa feita pelo Ibope em parceria com a Rede Nossa São Paulo mostrou que 93% dos paulistanos são favoráveis à ampliação das faixas exclusivas de ônibus na cidade. Entre os entrevistados que usam carro frequentemente, o índice de aprovação é de 86%.

Os resultados foram apresentados na manhã desta segunda-feira (16). Os usuários de carro ainda foram questionados sobre a possibilidade de usar ônibus. A principal queixa de quem usa automóvel particular para se deslocar foi da demora nos intervalos entre os coletivos, seguida das más condições físicas da frota e da ausência de linhas em determinadas localidades. A diminuição do preço da tarifa aparece em quarto lugar entre os motivos para quem usa carro passar a usar ônibus.

Hoje, a cidade de São Paulo tem 119,3 km divididos em dez corredores de ônibus e 168,9 km de faixas exclusivas. O objetivo, segundo a SPTrans e a Secretaria Municipal de Transportes é de que as faixas exclusivas cheguem a 220 km até o fim do ano. Até 2016, a prefeitura quer ter mais 150 km de corredores. 

O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, participou da apresentação da pesquisa e se disse surpreso com o resultado. Segundo ele, as readequações no sistema viário não envolvem apenas o aumento da velocidade dos ônibus.

— Eu achava que estava bem, mas não tinha essa dimensão de 93% favoráveis às faixas exclusivas. O mais surpreendente é com o usuário do carro. O trânsito não apareceu depois da criação das faixas exclusivas, ele já existia antes. Nós temos estudos em alguns locais, o fato de você deixar o ônibus na sua faixa exclusiva acaba organizando o sistema de transportes, então acaba melhorando inclusive a velocidade.

R7 e passageiros avaliam novas faixas exclusivas para ônibus

Mesmo com via exclusiva, ônibus perde passageiro em SP

Tatto ainda comentou itens da pesquisa que estão relacionados à velocidade dos ônibus.

— Além da questão da segurança, da limpeza do ônibus, que é fundamental, tem quatro itens que são os piores é têm a ver com a velocidade: lotação, o tempo que o usuário espera o ônibus, o tempo que ele fica dentro do ônibus e sem a perspectiva de saber se o ônibus vai chegar ou se já chegou.

"Excluídos"

O secretário de Transportes falou sobre alguns dos pedidos que são recebidos para acessar as faixas exclusivas. Atualmente, táxis podem andar apenas nos corredores, ao lado esquerdo. Mas além dos taxistas, médicos, idosos, carros funerários, veículos de autoridades, escolares e fretados também pedem à secretaria para poder utilizar a faixa. Todos os requerimentos são negados.