Feriadão antecipado aumenta isolamento social em São Paulo

Taxa medida pelo SIMI passou de 49% para 51% entre terça (19) e quarta-feira (20)na capital paulista. Em todo o estado avanço foi de 48% para 49% 

João Doria, governador de SP

João Doria, governador de SP

Divulgação

O isolamento social aumentou no feriadão antecipado adotado pela cidade de São Paulo e parte das Região Metropolitana. A taxa registrada pelo SIMI-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo) passou de 49% na capital na terça-feira (19) para 51% na quarta-feira (20). Em todo o estado, o índice passou de 48% na terça para 40% na quarta, segundo anunciou o governador João Doria nesta quinta-feira (21), em entrevista coletiva.

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

Os feriados de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra foram antecipados para esta quarta-feira (20) e quinta (21) na capital paulista. Na sexta (22) será ponto facultativo nas repartições públicas municipais da Administração Direta, Autarquias e Fundações. A medida visa conter a disseminação do novo coronavírus, visto que as taxas de ocupação dos leitos de UTI na cidade está próxima de 90%. Em todo o estado é de cerca de 70%.

Estradas

O movimento nas estradas paulistas também diminuiu. No sistema Anchieta-Imigrantes, ligação com o litoral, a queda é de 35% em relação à semana passada. Foram 49.294 veículos na quarta-feira (13), contra 31.905 ontem, primeiro dia de antecipação de feriados. 

Leia também: SP receberá 1.806 leitos de UTI e 300 respiradores do governo federal

No sistema Anhanguera-Bandeirantes, a queda foi de 4,2%, no sistema Castello Branco e Raposo Tavares, a redução ficou em 6,1% e no Rodoanel, em 6,3%, de acordo com Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional.