Novo Coronavírus

São Paulo Feriado prolongado em SP: saiba o que está permitido na cidade

Feriado prolongado em SP: saiba o que está permitido na cidade

Para conter avanço da covid-19 em momento mais crítico, cinco datas foram antecipadas para criar feriado prolongado de dez dias

Estabelecimentos e instituições como escolas, bancos e parques estarão fechados

Estabelecimentos e instituições como escolas, bancos e parques estarão fechados

Cesar Conventi/Fotoarena/Estadão Conteúdo - 08.03.2021

A cidade de São Paulo terá, nesta sexta-feira (26), o início de um ‘feriadão’ para conter o avanço da pandemia de covid-19. A prefeitura paulistana havia anunciado, na última quinta-feira (18), a antecipação cinco feriados – dois de 2021 e três de 2022 – a fim de aumentar as taxas de isolamento social.

As datas formarão uma sequência de dez dias não úteis para a população da capital paulista pois se somam aos dois finais de semana deste intervalo e à Sexta-Feira Santa (2).

Com o mesmo objetivo, outros municípios da Grande São Paulo, que vive seu momento mais crítico no combate ao novo coronavírus, também aderiram à medida.

Com os feriados e o estado em fase emergencial, o R7 fez uma lista de locais que irão fechar e o que se pode ou não fazer neste período entre 26 de março e 4 de abril.

Viagens

Por parte do poder público, não há uma proibição expressa a respeito de viagens, senão uma recomendação para que a população permaneça em casa. Isto porque a capital paulista e o país como um todo vivem um colapso no enfrentamento à pandemia: leitos de UTI para tratamento da doença têm ocupação superior a 90% na Grande São Paulo e também no estado, que teve nesta semana seus recordes de mortes e internações para um mesmo dia.

Para além da recomendação da gestão de Bruno Covas (PSDB), cidades da região de Santos, no litoral paulista, decretaram regime de lockdown por 13 dias, começando na última terça-feira (23).

Haverá, nos nove municípios da região, uma força-tarefa com a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal para fiscalizar a circulação de pessoas e veículos.

A circulação será permitida somente para a compra de remédios, atendimento ou socorro médico de pessoas ou animais, embarque e desembarque em terminal rodoviário, atendimento de urgências e necessidades inadiáveis. Quem descumprir as regras do lockdown estará sujeito a multas que variam de R$ 300 a R$ 10 mil, informa a prefeitura de Santos.

Mesmo na fase emergencial, SP tem transporte público abarrotado. Veja fotos

O que fechará

Estabelecimentos e instituições como escolas, bancos e parques estarão fechados no período de feriado prolongado na capital paulista.

Todas as escolas da cidade tiveram as atividades presenciais suspensas. As instituições municipais estarão em recesso neste período, enquanto as particulares podem optar por ter aulas, desde que sejam online.

Os bancos também não terão abertura presencial neste período. Todos os serviços bancários deverão ser realizados pela internet e em caixas eletrônicos.

Centros Esportivos e os CDCs (Clubes da Comunidade) também permanecerão fechados na fase emergencial, assim como os Cates (Centros de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo), que funcionarão somente de forma online para cadastro de pessoas pelo site.

Bibliotecas, centros culturais, casas de cultura, teatros e outros espaços de cultura também estarão fechados, funcionando apenas com atividades online.

Dos serviços do governo do Estado de São Paulo, exceto os de saúde, todos estarão fechados: os postos da Sabesp, as escolas estaduais (em recesso) e os postos do Detran, Poupatempo (atendimento online) e da Fazenda (na capital e no ABC Paulista). Para saber mais, clique aqui.

O que funciona

Ao longo do feriado prolongado, todos os serviços de saúde estarão abertos, assim como os serviços de assistência social, com exceção aos de Proteção Social Básica e os da Proteção Social Especial de Média Complexidade.

Feiras livres, mercados e sacolões também abrirão. Para saber mais sobre o funcionamento dos equipamentos de abastecimento, clique aqui.

As Centrais de Intermediação em Libras funcionarão normalmente, mas a Paraoficina Móvel não vai operar nos dias 26, 29 e 31 de março e 1º e 2 de abril. A programação retornará à normalidade a partir do dia 5 de abril. Saiba mais aqui

Os hospitais veterinários das zonas norte, leste e sul estarão abertos nos cinco feriados antecipados, mas fecharão no dia 2 de abril. Para mais detalhes, clique aqui.

Rodízio

Durante o anúncio da antecipação de feriados, Bruno Covas também afirmou que a capital paulista passaria por mudança no regime de rodízio de veículos na cidade.

Em vez da proibição de circulação das 7h às 10h e das 17h às 20h para determinados finais de placar, os horários para este período, valendo desde a última segunda-feira (22), são das 20oh às 5h.

Com isso, os rodízios seguirão os seguintes horários:

Carros com placas final 1 e 2 — proibido das 20h de segunda-feira até 5h de terça-feira.

Placas final 3 e 4 — proibido das 20h de terça-feira às 5h de quarta-feira.

Placas final 5 e 6 — proibido das 20h de quarta-feira às 5h de quinta-feira.

Placas final 7 e 8 — proibido das 20h de quinta-feira às 5h de sexta-feira.

Placas final 9 e 0 — proibido das 20h de sexta-feira às 5h de sábado.

Últimas