São Paulo Fernando Haddad muda nome da ponte dos Remédios e homenageia mãe de jornalista

Fernando Haddad muda nome da ponte dos Remédios e homenageia mãe de jornalista

Outros cinco equipamentos públicos devem ter nomes alterados

Fernando Haddad muda nome da ponte dos Remédios e homenageia mãe de jornalista

A ponte dos Remédios, na Lapa, na zona oeste da capital paulista, ganhou um novo nome. Decreto publicado nesta quarta-feira (29), pelo prefeito Fernando Haddad (PT) acrescenta o nome de Carmen Fernandes Neves à atual denominação da estrutura, que passa sobre o rio Tietê. A homenageada é mãe do jornalista Milton Neves, da TV Bandeirantes.

O projeto solicitando a mudança havia sido apresentado à Câmara Municipal no ano passado pelo vereador Toninho Paiva (PR). Na justificativa, ele sustentou que Carmen "empenhou sua vida no sentido de colaborar com a inclusão social e urbana", tendo realizado trabalhos pastorais na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, na Aclimação, na zona sul.

Foi naquele bairro que, segundo o vereador, a homenageada se instalou com a família, quando se mudou da cidade mineira de Muzambinho para São Paulo.

Leia mais notícias de São Paulo

Ela já havia sido homenageada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em uma rodovia ligando a cidade de Caconde a Muzambinho, em março do ano passado. Carmen morreu em 1995.

Outro decreto publicado nesta quarta-feira por Haddad altera o nome do Viaduto Curuçá, na zona leste. A essa designação passa a vigorar o nome Cabo PM Luiz Cláudio Monteiro.

O projeto defendendo essa troca foi criado em 2006 pelos vereadores William Woo (PPS) e Wadih Mutran (PP). A justificativa dos dois para a homenagem ao policial é de que ele morreu em serviço sob o viaduto, morto durante os supostos ataques de uma facção criminosa naquele ano. "Justamente o local do seu assassinato é o local onde queremos homenageá-lo", diz o texto.

Haddad também autorizou alterações nos nomes de outros cinco equipamentos públicos, inclusive uma UBS (Unidade Básica de Saúde).