Fogo, bloqueios e ataques: assalto a banco choca moradores de Botucatu

Em ação coordenada, criminosos atacaram uma base da PM e impediram o acesso do reforço policial vindo de outros municípios da região 

Grupo armado ataca agências bancárias em Botucatu (SP)

Grupo armado ataca agências bancárias em Botucatu (SP)

Reprodução

Um grupo de homens fortemente armados atacou agências bancárias no município de Botucatu, no interior de São Paulo, durante a madrugada desta quinta-feira (30). Nas imagens da câmera de segurança é possível ver, de dentro do estabelecimento, chamas na parte de fora do local.

Uma câmera de segurança flagrou a ação de homens que fizeram funcionários e clientes de uma farmácia reféns. Nas imagens é possível ver reféns com as mãos para o alto, deixando o local, rendidos pelos assaltantes.

De acordo com informações iniciais, eles estavam armados e atacaram o Batalhão de Polícia Militar do município para dificultar a saída dos policiais.

Com os obstáculos às forças policiais, o grupo iniciou ataques em, ao menos, cinco agências bancárias localizadas no centro da cidade. 

Ao mesmo tempo, outros suspeitos do mesmo grupo fecharam diversas estradas que dão acesso a cidades vizinhas para que o apoio de forças policiais fosse dificultado. O objetivo era assaltar agências bancárias na cidade.

Outro vídeo mostra a rodovia Marechal Rondon, uma das principais que cortam a cidade, atravessada com um caminhão em chamas para dificultar acesso. Segundo a polícia, outros homens do mesmo grupo fecharam diversas estradas que dão acesso a cidades vizinhas para dificultar o apoio de outras forças policiais.

Moradores em choque

Os moradores de Botucatu ficaram assustados com os barulhos e o tumulto na cidade. Durante a madrugada, muitos publicaram, nas redes sociais, vídeos com o barulho dos tiros, de estragos na cidade e da atuação das forças policiais. Da varanda das casas, os vídeos mostram que era possível ouvir o som de tiros e gritos.

Ação da polícia

Policiais militares das cidades vizinhas, como Bauru, Avaré e Piracicaba foram acionados para conter a ação dos suspeitos de atacar as agências bancárias em Botucatu.

A Polícia de São Paulo também foi comunidade e corporações como as Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar) traçam planos para ir até o município do interior. A Polícia Rodoviária Estadual também presta apoio para tentar cessar os ataques e controlar a situação em Botucatu.

Além das equipes de terra, os Grupamentos Aéreos da Polícia Militar de São Paulo e de Bauru foram comunicados e estão avisados sobre a situação. Os helicópteros ainda não foram acionados por causa das condições do clima.

Balas após tiroteio

A cidade permaneceu por horas sob forte confronto entre policiais e o grupo armado. Ainda não há confirmação sobre a motivação dos ataques, mas um das hipóteses seria retaliação pela incineração de cerca de 600 quilos de drogas coordenada pela Delegacia Seccional de Polícia de Botucatu durante esta quarta-feira (29).

Um vídeo mostrou balas de grosso calibre utilizadas durantes os ataques às agências bancárias. Nas imagens, é possível ver nove balas encontradas em frente a uma das agências bancárias assaltadas.