São Paulo Francês é sequestrado ao parar carro de luxo em semáforo de SP

Francês é sequestrado ao parar carro de luxo em semáforo de SP

Dois suspeitos foram presos. Eles usavam armas falsas. Intenção da dupla era fazer transferências bancárias por meio do Pix

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Material apreendido com dupla presa devido a sequestro-relâmpago em SP

Material apreendido com dupla presa devido a sequestro-relâmpago em SP

Reprodução / Ricardo Bonifácio / Record TV

Dois suspeitos foram presos após sequestrarem um engenheiro francês dentro do próprio carro de luxo na região do Morumbi, zona sul de São Paulo, na noite desta sexta-feira (14).

O homem estava parado com uma BMW X1 no semáforo da esquina da avenida Morumbi com a rua Adalívia de Tolêdo quando sentiu que um carro havia colidido na parte traseira.

O engenheiro desceu do carro para ver o estrago quando dois homens saíram empunhando objetos similares a armas e anunciaram o assalto. Eles obrigaram a vítima a entrar novamente no carro e começaram a andar pelas ruas.

A dupla perguntou sobre objetos de valor que ele carregava no carro enquanto pegava o celular para realizar transferências bancárias por meio do Pix.

O celular do engenheiro estava sem bateria e o carregador do carro estava quebrado. Com isso, os suspeitos decidiram que levariam o francês a um cativeiro na região da comunidade de Paraisópolis para carregar o aparelho e, então, fazer as transações.

No momento em que a vítima havia sido abordada, um morador da região viu a movimentação, acionou a Polícia Militar e passou as características dos suspeitos e do carro. Após cerca de dez minutos, os agentes da Força Tática do 16° Batalhão conseguiram localizar o carro e deram ordem de parada.

O carro era guiado por um dos suspeitos, que não obedeceu à ordem e acelerou. Houve uma breve perseguição. Os dois foram detidos, e com eles foram apreendidas duas armas falsas. A vítima foi libertada sem ferimentos.

Ambos os detidos têm passagens pela polícia, e um deles estaria envolvido em pelo menos outros quatro casos de sequestro-relâmpago. Eles foram conduzidos ao 89° DP, no Portal do Morumbi, onde o caso foi registrado.

Últimas