Novo Coronavírus

São Paulo Frota de ônibus será 8% menor em SP a partir desta quinta (25)

Frota de ônibus será 8% menor em SP a partir desta quinta (25)

Prefeitura justifica decisão por taxas de passageiros terem se mantido estáveis mesmo após reabertura dos shoppings na capital paulista

  • São Paulo | Gabriel Croquer*, do R7

Medida será adota em linhas de ônibus que tenham oferta superior à demanda

Medida será adota em linhas de ônibus que tenham oferta superior à demanda

Rivaldo Gomes/Folhapress- 15/06/202

A cidade de São Paulo terá redução de 8,39% de sua frota de ônibus a partir desta quinta-feira (25). A prefeitura afirma que irá priorizar o atendimento a bairros periféricos, que mais sofrem com casos de covid-19, e pelo fato da taxa de passageiros ter se mantido estável mesmo após a reabertura do comércio na capital, com cerca de 1,3 milhão de passageiros em dias úteis. 

Leia também: Após reabertura, movimento em ônibus da cidade de SP fica estável

A SpTrans (São Paulo Transporte), empresa responsável por administrar o transporte coletivo de ônibus da cidade, também afirma que a medida será adotada somente em linhas que estão com oferta superior à demanda existente. Com a redução, a cidade terá 10.791 ônibus em atividade, com 1.037 a menos do que passou a ser disponibilizado logo após a reabertura de concessionárias e escritórios.  

No dia 9 de junho, em meio ao começo da reabertura da economia na capital, a gestão municipal aumentou a frota para 92,31% do total para prevenir aglomerações no transporte público. 

Porém, a demanda se manteve em 1,3 milhão de passageiros por dia o que fez a prefeitura voltar atrás no aumento. No período pré-quarentena, o movimento registrado alcançava 3,3 milhões de passageiros diariamente.

Mesmo com a disponibilização de 92% no início de junho as cenas constantes de ônibus cheios, com passageiros sendo transportados em pé, resultaram na demissão do secretário de Transportes, Edson Caram.  A gestão Covas reviu a medida na última sexta-feira (19), e agora só recomenda que os motoristas dos ônibus evitem a superlotação e que transportem os passageiros com distância segura. 

Trens ficam lotados em São Paulo em dia de reabertura de shoppings (11/06)

*Estagiário do R7, sob supervisão

Últimas