São Paulo Funcionária de loja é presa suspeita de planejar assalto à casa da patroa

Funcionária de loja é presa suspeita de planejar assalto à casa da patroa

De acordo com a polícia, vítimas reconheceram marido da funcionária entre homens armados que participaram do roubo. Ele também foi preso

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Mulher é suspeita de planejar crimes.

Mulher é suspeita de planejar crimes.

Reprodução/Record TV

Três suspeitos de assaltar casas em um bairro nobre de São Paulo foi preso nesta terça-feira (20). Uma das pessoas detidas trabalhava há dois anos para uma das vítimas. Ela e o companheiro seriam os responsáveis por planejar os assaltos.


"Ela é funcionária da loja de uma das vítimas e ela acabou passando dados sobre a família e sobre a casa", conta o delegado Murilo Fonseca Roque. O que levantou a suspeita é que a patroa e o vizinho dela tiveram, no mesmo dia, os endereços invadidos por cinco homens armados.

Ao compararem as imagens das câmeras de segurança, as vítimas disseram que o marido da funcionária era um dos criminosos que havia invadido a casa do vizinho. "Ele não entrou pessoalmente na casa da patroa da esposa dele, ficou na casa da vizinha porque a patroa iria reconhecê-lo imediatamente", diz o delegado.

Policiais civis cumpriram mandados de prisão e fizeram buscas em uma comunidade de são paulo. Durante as buscas, foram apreendidos uma televisão ainda na caixa, outros eletrônicos, bebidas,  e dinheiro  em espécie. A polícia acredita que mais casas tenham sido invadidas pelo grupo. 

Últimas