São Paulo Funcionário de lanchonete é feito refém no aeroporto de Congonhas

Funcionário de lanchonete é feito refém no aeroporto de Congonhas

Segundo a polícia, o agressor é um homem com transtornos mentais, que teve um surto no momento da ação. Ele foi preso

  • São Paulo | Letícia Assis, da Agência Record

Funcionário de lanchonete foi mantido refém no aeroporto de Congonhas, na zona sul de SP

Funcionário de lanchonete foi mantido refém no aeroporto de Congonhas, na zona sul de SP

Divulgação: Infraero

Um atendente de uma lanchonete de 25 anos foi feito refém por um homem de 44 anos dentro do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, por volta das 23h deste sábado (4). A ação aconteceu em um restaurante, em uma das franquias da Pizza Hut, localizada na ala sul do terminal, no piso térreo.

De acordo com o delegado Nico Gonçalves, do Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas), o agressor é um homem com transtornos mentais, que teve um surto no momento da ação.

O delegado ainda afirmou que momentos antes de manter a vítima refém, o homem, de Brasília, teve uma briga com a família.

Após uma breve negociação entre a polícia e o suspeito, a vítima foi liberada ilesa após cerca de 15 minutos e o agressor, preso em flagrante. Uma faca foi apreendida para perícia.

O caso foi apresentado na 2ª Deatur (Delegacia de Atendimento ao Turista) e registrado como sequestro e cárcere privado.

Últimas