São Paulo Garoto que aparece com menina morta após festa depõe à polícia

Garoto que aparece com menina morta após festa depõe à polícia

Menina foi encontrada morta duas horas depois de desaparecer e instantes antes foi registrada por uma câmera de segurança ao lado de outra pessoa

Garoto que aparece com criança morta após festa depõe à polícia

Garoto de 12 anos prestou depoimento ao lado da família

Garoto de 12 anos prestou depoimento ao lado da família

Reprodução/RecordTV

Um garoto de 12 anos que aparece em uma imagem de câmera de segurança caminhando de mãos dadas (veja vídeo abaixo) a menina Raíssa, de nove anos, prestou depoimento à Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (30). A garota  foi encontrada morta na tarde deste domingo (29) após uma festa no CEU (Centro Educacional Unificado) Anhanguera, na zona norte de São Paulo. As informações são do Cidade Alerta, da Record TV.

Leia mais: Criança morta após festa foi gravada andando com outra pessoa

Em uma conversa com familiares, a mãe da garota chegou a afirmar que o menino que aparece nas imagens estava brincando com Raíssa um pouco antes dela desaparecer.

Menina foi gravada andando de mãos dadas com o garoto

Menina foi gravada andando de mãos dadas com o garoto

Reprodução

A menina havia ido a festa acompanhada da mãe e de um irmão. Em determinado momento, a mãe saiu de onde a criança estava por alguns instantes para pegar pipoca e, quando voltou, a menina havia desaparecido.

Leia também: Professora é estuprada dentro de estacionamento de escola em SP

Funcionários e participantes da festa ajudaram a procurar pela menina na escola e proximidades. Cerca de duas horas depois do desaparecimento, a menina foi encontrada por um adolescente pendurada em uma árvore numa área próxima da escola.

A criança estava com manchas de sangue no rosto e lesões no ombro. Próximo de onde ela estava, os guardas viram marcas de sangue no chão, além de um par de chinelo, um saco plástico e uma capa de tecido TNT.

O caso está sendo investigado pelo DHPP (Departamente de Homicídio e Proteção à Pessoa) da Polícia Civil.