Cracolândia

São Paulo Gatinha da Cracolândia tem prisão convertida em preventiva

Gatinha da Cracolândia tem prisão convertida em preventiva

Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, foi presa na quinta (22) suspeita de comandar banca de tráfico na Cracolândia, em SP

  • São Paulo | Letícia Dauer e Mariana Rosetti, da Agência Record

Lorraine Bauer, de 19 anos

Lorraine Bauer, de 19 anos

Reprodução/Record TV

A traficante Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, conhecida como Gatinha da Cracolândia, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva nesta sexta-feira (23), de acordo com o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo).

Lorraine permanece presa na carceragem do 89° DP (Portal do Morumbi). Ainda não há previsão de transferência para algum CDP (Centro de Detenção Provisória).

Lorraine é uma jovem de classe média, que ostentava vida de luxo nas redes sociais para mais de 30 mil seguidores. Ela comercializava drogas na região central com a ajuda de seguranças do tráfico, segundo a polícia. Ela foi flagrada em imagens ao lado do namorado, que também é traficante.

Para não chamar atenção em meio ao fluxo, ela usava capuz, toca e roupas escuras. "Gostava de viver bem, tinha uma vida boa financiada pelo tráfico e exploração dos dependentes químicos da Cracolândia", afirmou o delegado Roberto Monteiro.

Ela foi presa em flagrante com uma mochila repleta de diversas drogas. Ela cumpria prisão domiciliar em um endereço diferente do informado à polícia e conseguiu o benefício por ter um bebê recém-nascido.

Últimas