Novo Coronavírus

São Paulo Gestantes e puérperas receberão doses da Pfizer, diz prefeitura de SP

Gestantes e puérperas receberão doses da Pfizer, diz prefeitura de SP

Vacinação para os perfis começa na próxima segunda. Ricardo Nunes confirmou regulamentação de novos grupos da 'xepa'

  • São Paulo | Do R7

Imunização para os dois perfis começa em todo o estado na segunda-feira

Imunização para os dois perfis começa em todo o estado na segunda-feira

Saulo Angelo/Futura Press/Estadão Conteúdo - 12.05.2021

A prefeitura de São Paulo (SP) anunciou que vacinará contra a covid-19 as gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) com comorbidades e acima dos 18 anos, a partir desta segunda-feira (17), com o imunizante da Pfizer. A aplicação das doses para estes perfis acontecerá nas UBSs da capital paulista.

O anúncio foi feito pelo prefeito em exercício Ricardo Nunes, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (13).

Nunes também afirmou que a prefeitura regulamentou a inclusão dos grupos de profissionais de saúde acima dos 18 anos e pessoas com comorbidade com mais de 55 anos na chamada ‘xepa’ da vacinação, ou seja, para as doses remanescentes de cada dia.

Gestantes e puérperas no estado de SP

A vacinação para gestantes e puérperas volta também na segunda-feira no estado de São Paulo, como anunciou João Doria (PSDB) nesta quarta-feira (12).

De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula, é preciso comprovar o estado gestacional e no caso das puérperas apresentar a declaração do nascimento da criança.

O governo anunciou ainda que no dia 21 de maio serão vacinadas pessoas com comorbidades de 45 a 49 anos. No mesmo dia, também serão vacinadas pessoas com deficiência permanente da mesma faixa etária.

Últimas