São Paulo Governo de São Paulo prorroga fase de transição até 14 de junho

Governo de São Paulo prorroga fase de transição até 14 de junho

Atividades comerciais continuarão funcionando das 6h até as 21h, anunciou Doria. Toque de recolher permanece entre 21h e 5h

  • São Paulo | Do R7

Doria anunciou prorrogação da fase de transição até o meio de junho

Doria anunciou prorrogação da fase de transição até o meio de junho

Governo do Estado de São Paulo

O governo do estão de São Paulo prorrogou até 14 de junho a atual fase de transição do Plano SP de flexibilização econômica como contenção ao avanço do novo coronavírus.

O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo (SP), nesta quarta-feira (26).

Assim, as atividades comerciais continuarão funcionando das 6h até as 21h, anunciou o governador. Anteriormente, o governo paulista havia anunciado a ampliação dos horários para até as 22h a partir de 1º de junho. O toque de recolher permanece entre 21h e 5h do dia seguinte.

A partir de 14 de junho, afirmou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico, o estado começará a fase de expansão dos horários de funcionamento do comércio e outras atividades.

Novos cronogramas de vacinação

Conforme antecipado, o estado também anunciou que vai vacinar as pessoas entre 45 e 54 anos no mês de agosto. Inicialmente, entre os dias 2 a 16, será a vez de pessoas com idades entre 50 e 54 anos. Depois, entre os dias 17 e 31, será a vez de quem tem entre 45 e 49 anos.

Durante a coletiva, o governo também informou que a vacinação dos trabalhadores aeroviários no dia 28 de maio e dos portoviários no dia 1º de junho. Estima-se que 40 mil pessoas devem ser imunizadas nestes dois grupos.

Últimas