Coronavírus

São Paulo Governo de SP e prefeitos se reúnem para discutir quarentena mais leve

Governo de SP e prefeitos se reúnem para discutir quarentena mais leve

Hoje, governador, secretários de Estado e o médico Davi Uip conversaram, por meio da internet, com 30 prefeitos de cidades com mais de 200 mil habitantes

  • São Paulo | Daniela Salerno, da Record TV

Davi Uip e secretários se reúnem com prefeitos a partir desta terça-feira

Davi Uip e secretários se reúnem com prefeitos a partir desta terça-feira

Flavio Corvello/Futura Press/Estadão Conteúdo – 24.04.2020

O governo de São Paulo iniciou, nesta terça-feira (28), uma série de reuniões virtuais com prefeitos de cidades paulistas para discutir a flexibilização da quarentena no Estado. O primeiro encontro, hoje de manhã, contou com a participação dos prefeitos de cidades com mais de 200 mil habitantes.

Essa é a primeira vez que os chefes do Executivos municipais e representantes do Executivo Estadual se encontram para tratar, em conjunto, sobre como será a reabertura das atividades econômicas daqui em diante. A reunião desta manhã foi virtual – assim como as próximas.

Em princípio, está descartado qualquer afrouxamento das restrições do isolamento social antes de 11 de maio. O secretário Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional) disse hoje que os prefeitos foram receptivos e que as cidades com melhores índices devem liberar o comércio de rua na semana do dia 11 de maio.

Por semanas, aos poucos, serão liberados outros setores da economia, como bares e restaurantes em uma segunda etapa, disse Vinholi.

Hoje, participaram prefeitos de Americana, Araçatuba, Araraquara, Barretos, Bauru, Campinas, Cordeirópolis, Franca, Guarujá, Hortolândia, Indaiatuba, Itapeva, Jacareí, Jundiaí, Limeira, Marília, Piracicaba, Praia Grande, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Vicente, Sorocaba, Sumaré e Taubaté.

Na pauta desta terça-feira, estavam detalhes de cada região do estado e o motivo de seguir com o isolamento social até dia 10. O governo paulista fez uma pesquisa em todos os municípios com a população a fim de entender a percepção deles com problema.

Os encontros virtuais com prefeitos foram propostos pelo secretário Marco Vinholi e comandados pelo governador João Doria (PSDB). Também participaram o presidente da APM (Associação Paulista de Municípios), Carlos Cruz, e o presidente da Avesp (Associação dos Vereadores do Estado de São Paulo), Sebastião Misiara.

Além deles, estarão presentes em todas as reuniões a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen; o Secretário de Saúde, José Henrique Germann; a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes; e o Coordenador do Centro de Contingência da covid-19/São Paulo, Davi Uip.  

Nesta quarta-feira, será a vez de os prefeitos da Região Metropolitana de São Paulo discutirem com autoridades do governo paulista os próximos passos para a reabertura das atividades econômicas.

Últimas