Tóquio 2020

São Paulo Governo de SP lança programa de acessibilidade para PcDs

Governo de SP lança programa de acessibilidade para PcDs

Serão investidos R$ 110 milhões nas áreas de esporte, lazer, infraestrutura, educação e acessibilidade para pessoas com deficiência

  • São Paulo | Do R7

Governo anunciou programa nesta terça-feira (21)

Governo anunciou programa nesta terça-feira (21)

Governo do Estado de São Paulo

O governo do estado de São Paulo lançou na tarde desta terça-feira (21), no Palácio dos Bandeirantes, o programa Cidade Acessível. A gestão investirá R$ 110 milhões nas áreas de esporte, lazer, infraestrutura, educação e acessibilidade em municípios paulistas, destinados a PcDs (pessoas com deficiência).

O evento, que ocorreu no Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, também contou com homenagens aos atletas do estado que disputaram a Paralimpíada em Tóquio, no mês passado.

“Além de ser um evento de homenagem ao Time São Paulo [que esteve em Tóquio], também estabelecemos políticas públicas. São mais de R$ 100 milhões de investimento público deliberado agora para a acessibilidade das cidades aqui no estado de São Paulo”, afirmou o governador João Doria (PSDB), que também criticou o ministro da Educação, Milton Ribeiro, por falas a respeito dos estudantes com deficiência. “Não queremos inclusivismo”, disse Ribeiro no fim de agosto.

Serão entregues academias adaptadas; cadeiras de trilha; cadeiras anfíbias; calçadas acessíveis; e kits de acessibilidade com equipamentos assistidos para alunos com deficiência visual – que são mais de 70 mil alunos das escolas estaduais paulistas, segundo o governo.

Doria também anunciou que São Paulo terá o primeiro centro multiolímpico – para atletas olímpicos e paraolímpicos – do estado, na capital paulista.

“Doria sempre me falou: ‘as políticas públicas têm que chegar a todas as pessoas com deficiência no estado de São Paulo’. Isso não é ajuda, é investimento”, afirmou Célia Leão secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

As prefeituras que quiserem aderir ao programa, deverão contar com um Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência formado e ativo. A adesão ao Cidade Acessível é feita a partir deste link: https://forms.gle/tEm67wF3K7NTb1R2A.

Últimas