Governo de SP recebe mais de sete milhões de máscaras para covid-19

Investimento foi de R$ 63 milhões na compra de 18 milhões de itens para proteção dos profissionais de saúde. Outro lote deve chegar em maio

Governo de SP comprou 18 milhões de máscaras cirúrgicas e N-95

Governo de SP comprou 18 milhões de máscaras cirúrgicas e N-95

Reprodução / Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O Governo de São Paulo recebeu na manhã desta quinta-feira (30) mais de sete milhões de máscaras usadas por profissionais da saúde em meio à pandemia do novo coronavírus. O lote faz parte de um total de 18 milhões de máscaras cirúrgicas e N-95 importadas da China. Uma nova remessa deve ser chegar na primeira quinzena de maio.

Leia mais: Uso de máscaras será obrigatório no transporte de SP a partir do dia 4

No total, o governo investiu R$ 63 milhões na compra dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) que vão para a Secretaria da Saúde para garantir a segurança dos profissionais que estão no atendimento aos casos da covid-19 no estado.

Veja também: Com 89% das UTIs ocupadas, SP vai transferir pacientes para o interior

“Importamos esses produtos da Ásia para reforçar nossos estoques de EPIs, oferecendo materiais para que as equipes estejam devidamente protegidas para atender a população”, disse o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.