São Paulo Grávida morre após ter AVC minutos antes de subir ao altar em SP

Grávida morre após ter AVC minutos antes de subir ao altar em SP

Jéssica Victor Guedes, de 30 anos, que era enfermeira, estava grávida de seis meses e começou a se sentir mal ainda na limosine no caminho da igreja

Bebê de 1 kg foi retirado em cesárea de emergência e passa bem

Bebê de 1 kg foi retirado em cesárea de emergência e passa bem

Reprodução Instagram

Jéssica Victor Guedes, de 30 anos, morreu no no último sábado (14), enquanto se preparava para subir ao altar com seu noivo, Flavio Gonçalvez, Tenente da Polícia Militar. Jéssica, que era enfermeira, estava grávida de seis meses e começou a se sentir mal ainda na limosine no caminho da igreja. 

Leia também: Grávida morre em trabalho de parto dentro de banheiro de hospital

Quando se preparava para subir ao altar o mal estar voltou, mas a família achou que era ansiedade por causa do casamento. O noivo já estava à espera de Jéssica e estranhou sua demora. Flavio foi ver o que estava acontecendo quando encontrou a noiva desacordada, na porta da igreja. Ele, que foi bombeiro, fez os primeiros socorros antes da ajuda chegar.

Jessica e o noivo Flavio em um ensaio fotográfico antes do casamento

Jessica e o noivo Flavio em um ensaio fotográfico antes do casamento

Reprodução/Record TV

Jéssica foi levada a um hospital maternidade na região central da capital paulista. Porém, devido à complexidade do caso, foi transferida para o Hospital e Maternidade Pro Matre Paulista. Segundo o laudo médico, a mãe teve um AVC hemorrágico, por conta de uma pré-eclâmpsia, e já chegou à maternidade sem atividade cerebral. A família optou pela doação dos órgãos.

Leia também: Jogador de basquete é morto por casal de adolescentes em SP

Visto a gravidade do caso, a equipe médica realizou uma cesárea de emergência para salvar a vida do bebê de 29 semanas. Sophia nasceu pesando 1 kg e está recebendo todos os cuidados na UTI Neonatal. Ela deve ficar internada por mais três meses. 

O plano de saúde do pai não cobre os gastos da maternidade particular, então colegas da Polícia Militar começaram uma vaquinha online para ajudar a arrecadar fundos para as despesas médicas. Em poucas horas, 37% da meta já havia sido alcançada. 

O corpo da jovem já foi liberado e o velório será feito nesta terça-feira (17), no Cemitério Parque dos Pinheiros.