São Paulo Grupo é preso por tráfico de droga e cão de usuário é abandonado

Grupo é preso por tráfico de droga e cão de usuário é abandonado

Quatro pessoas são detidas suspeitas de tráfico de maconha sintética no bairro de Moema, região nobre de São Paulo

  • São Paulo | Rodrigo Balbino, da Agência Record, com informações da Record TV

Cão de usuário de drogas é abandonado durante prisão de grupo em São Paulo

Cão de usuário de drogas é abandonado durante prisão de grupo em São Paulo

Reprodução Record TV

Quatro pessoas foram detidas e uma fugiu, na região de Moema, bairro nobre da zona Sul de São Paulo, suspeitas de tráfico de drogas. Em um imóvel de luxo no bairro, a polícia encontrou drogas e uma arma carregada. 

Uma equipe da 3ª Companhia, do 12° Batalhão de Polícia Militar, estava em patrulhamento, pela Vila Olímpia, quando avistou um carro. O motorista do veículo fechou o vidro e acelerou para distanciar da viatura.

Os policiais deram ordem de parada e durante a revista ao veículo encontraram 200 gramas de maconha, que valem em torno de oito mil reais. O suspeito confessou que iria revender a droga. Ele disse ainda que pegou a droga em um local próximo e indicou o endereço aos policiais que foram até o imóvel.

Na casa indicada foram encontradas outras drogas, uma balança de precisão, mais de R$ 17 mil em dinheiro, um cheque de R$ 7 mil, além de arma carregada com dez munições e outra arma falsa. No endereço quatro pessoas, em três carros diferentes, foram localizadas com porções de drogas. Um homem conseguiu fugir com um dos veículos.

Um dos carros usados por um suspeito, estava com dois homens e um cachorro. O dono do animal alega que era apenas usuário e que estaria dando carona para o traficante. O carro do suspeito está na porta da delegacia, com o cachorro, aguardando seu dono desde o início da madrugada. Um dos policiais levou água para o animal.

De acordo com a Polícia Militar, entre as drogas encontradas estavam haxixe e uma qualidade de maconha que pode chegar a R$ 4 mil a quantidade de 100 gramas. O caso foi apresentado no 27° DP, do Campo Belo.

Últimas