São Paulo Grupo usa adolescentes para furtar apartamentos de luxo em SP

Grupo usa adolescentes para furtar apartamentos de luxo em SP

Segundo a polícia, garotos de baixa renda bem vestidos enganavam porteiros para invadir imóveis em bairros nobres da capital

Operação foi deflagrada pelo 78º Distrito Policial, nos Jardins

Operação foi deflagrada pelo 78º Distrito Policial, nos Jardins

Reprodução/Google Street View

Quatro adolescentes foram apreendidos e um homem preso pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (19) suspeitos de integrar uma quadrilha que comete furtos em condomínios de alto padrão em bairros do centro e das zona leste e oeste de São Paulo, e também em São Bernardo do Campo, na região metropolitana.

Segundo a polícia, os garotos, bem vestidos e carregando livros, cadernos e mochilas, enganavam os porteiros para conseguir entrar nos prédios. Com informações privilegiadas sobre a movimentação dos moradores, eles diziam ser parentes das vítimas para terem acesso facilitado aos apartamentos. Eles usavam chaves falsas e também arrombavam as portas para entrar. 

O grupo se aproveitava de feriados em que sabiam que os moradores não estariam e escolhiam alvos que, segundo a polícia, têm costume de guardar dinheiro e objetos de valor em casa.

Ainda de acordo com a polícia, o grupo também é suspeito de realizar uma prática de roubo conhecida como ‘quebra vidro’, em que os suspeitos roubavam motoristas parados em congestionamentos, "muitas vezes entrando em luta corporal contra as vítimas", conta o delegado responsável pelo caso, Alberto Monteiro.

Celulares, relógios de luxo e bolsas de marcas famosas foram apreendidos durante a operação. Os produtos estão sendo contabilizados e as vítimas serão avisadas pela polícia. A operação foi deflagrada pelo 78º Distrito Policial (Jardins).

Últimas