São Paulo Homem é encontrado morto após desaparecer em temporal em SP

Homem é encontrado morto após desaparecer em temporal em SP

Ele estava acompanhado da mulher quando foi arrastado pela enchente. Corpo estava na usina de Traição. Buscas continuam

  • São Paulo | Beatriz Leite e Elizabeth Matravolgyi, da Agência Record

Homem foi encontrado morto na usina de Traição após desaparecer durante temporal em SP

Homem foi encontrado morto na usina de Traição após desaparecer durante temporal em SP

Reprodução / Google Street View

Um homem foi encontrado morto na Usina de Traição, no Rio Pinheiros, na zona sul, após desaparecer, junto com a esposa, durante a enchente ocasionada pelas chuvas que atingiram a cidade de São Paulo na terça-feira (29).

Na quarta-feira (30), Luan, filho do casal, registrou um boletim de ocorrência pelo desaparecimento dos pais, Lucio Pereira Correia, de 59 anos, e Rosana Alves da Silva Correia, de  54 anos.

Os dois tinham ido ao supermercado Carrefour na avenida Carlos Caldeira Filho. Segundo indicou a localização do celular do pai, ele passou próximo do córrego, perto da rua Campo Novo Sul, na Vila Andrade, na zona sul de São Paulo. No mesmo local, diversos veículos foram arrastados pela enxurrada.

Ainda na noite de terça-feira, a polícia foi acionada após o encontro de um corpo na empresa EMAE, a usina termelétrica de Traição, que fica localizada no Rio Pinheiros, próximo à estação Vila Olímpia, da CPTM, cerca de 8 quilômetros de distância do lugar onde o casal desapareceu.

O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) Sul e foi reconhecido pelo filho. A causa da morte foi afogamento.

A equipe de salvamento aquático do posto de Bombeiros do Butantã, que realiza as buscas por Rosana, acredita que ela está dentro do carro do casal, um Fiat/Argo prata. Mas o trabalho teve de ser paralisado devido ao mau tempo. A corporação pretende retomá-lo na manhã desta sexta-feira (1º).

Últimas