Homem é preso em flagrante por tentar matar travesti na Grande SP

Segundo a Polícia Militar, autor dos disparos contou que foi roubado pela mulher no dia anterior e que, por isso, voltou ao local para se vingar

Caso foi registrado no 2º DP de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo

Caso foi registrado no 2º DP de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo

Reprodução/ Google Maps

Um homem de 42 anos foi preso em flagrante na noite de segunda-feira (3), após disparar contra uma vítima de 26 anos na rua Banda, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Após ser preso, segundo a Polícia Militar, o autor dos disparos contou que foi roubado pela mulher no dia anterior, e que por isso voltou ao local naquela noite para se vingar.

Leia mais: Polícia prende cinco suspeitos de participação no assalto em Botucatu

Uma equipe da PM havia sido acionada naquela noite para atender uma ocorrência de tentativa de homicídio. Os policiais iniciariam buscas pela região e encontraram um veículo HB20, de cor prata, ocupado por dois homens, de 24 e 42 anos.

Dentro do automóvel, encontraram um revólver calibre .38, com a numeração raspada. O autor dos disparos disse que a transexual havia roubado seu celular, e alguns pertences pessoais de pequeno valor, um dia antes, no domingo (2). 

Já o segundo ocupante do veículo disse que recebeu uma ligação do homem preso, chamando os suspeito para sair e beber. Acrescentou que ele dirigiu até o endereço, parou o carro, desembarcou e atirou contra a vítima. Ele alegou que não sabia da intenção do suspeito de atirar contra a vítima e acabou sendo liberado.

A mulher foi atingida por, pelo menos, três tiros. Sendo que dois foram de raspão na perna e um tiro atingiu seu abdômen, onde uma bala ficou alojada. Ela foi encaminhada ao Hospital Mário Covas, em Santo André, onde segue estável. A Polícia Militar ainda não colheu o depoimento da vítima, que foi internada no Hospital Mário Covas.

O autor dos disparos foi preso em flagrante por tentativa de homicídio. A arma e o veículo utilizados na ação foram apreendidos para perícia. O caso foi registrado no 2º DP de São Bernardo do Campo.