São Paulo Homem é preso por ameaçar a ex, furtar e incendiar carro em SP

Homem é preso por ameaçar a ex, furtar e incendiar carro em SP

Suspeito é ex-namorado da vítima, com quem teve um filho. Jovem já fez boletins de ocorrência contra ele e inclusive tem uma medida protetiva 

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (17) por fazer ameaças a ex-namorada, furtar e incendiar o carro da vítima. Carolina Torezan, de 21 anos, já registrou vários boletins de ocorrência contra o suspeito e já tem uma medida protetiva. O crime teria sido cometido porque ele não aceita o fim do relacionamento. As informações são da Record TV

Segundo Carolina, os dois estão separados há seis meses e têm um filho juntos. Ainda assim, o homem já invadiu duas vezes o condomínio onde a jovem mora: "Na primeira vez, ele entrou no apartamento e me arrastou pelos cabelos com meu filho de 1 ano no colo chorando e eu pedindo socorro", lembra a vítima.

Leia mais: Caso Julia: polícia de SP pede revogação da prisão de suspeito

Desta vez, ela estava num restaurante da zona leste de São Paulo com as amigas, depois de voltar de viagem do litoral, quando começou a receber mensagens do ex. Nas câmeras de segurança do estabelecimento, é possível ver quando o homem, mexendo no celular, procura pela mesa da vítima. Ao encontrar, ele desce e furta a chave do carro dela, deixada com o manobrista.

Carro foi furtado de restaurante e incendiado por ex-namorado da vítima

Carro foi furtado de restaurante e incendiado por ex-namorado da vítima

Reprodução / Instagram

"Eu acessei o rastreador e vi que meu carro não estava lá. Descobri que ele foi em um posto da Mooca e depois o carro parou no Juventus", conta a vítima.

Em outra gravação, ela passa de carro no local e se desespera ao ver o veículo em chamas. O carro será ressarcido pelo restaurante. 

Veja também: Homem é morto a tiros por policial após invadir batalhão em SP

A jovem fez outro boletim de ocorrência e mostrou que o suspeito já ameaçava incendiar o carro, até mostrou uma foto de um galão de combustível, o que indica que o crime foi premeditado.

Mesmo foragido, o suspeito enviou ameaças à vítima. Agora ele presta esclarecimentos à polícia, que deve solicitar o aparelho de celular de Carolina. 

Últimas