São Paulo Homem é preso por tentativa de estupro a PM em São Paulo

Homem é preso por tentativa de estupro a PM em São Paulo

Suspeito, de 31 anos, é motorista de aplicativo e foi detido por suspeita de importunação sexual pela Delegacia da Mulher

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Policial militar foi vítima de tentativa de estupro na zona leste de SP

Policial militar foi vítima de tentativa de estupro na zona leste de SP

Divulgação/Polícia Militar de São Paulo

Um homem foi preso, após tentar estuprar uma policial militar, nesta segunda-feira (03), na região da Praça Panamericana, no Alto de Pinheiros, zona oeste de São Paulo. O caso foi registrado na 1ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) como importunação sexual.

Segundo informações da Polícia Militar, o abusador, de 31 anos, é motorista de aplicativo e tem ao menos outros três registros de antecedentes de situações semelhantes. Ele foi detido avenida alcântara machado, no Brás, zona leste da capital paulista.

O caso

A vítima, de 33 anos, ao chegar no batalhão em que trabalha, decidiu realizar alguns exercícios na Praça Panamericana, por volta das 7h.

Durante o trajeto, câmeras de segurança registraram o momento em que a PM passa caminhando para a praça e um veículo sedan prata com um homem a segue. Ela não estava fardada ou armada no momento da abordagem.

Quando a policial estava próxima da praça, ouviu alguém chamando de dentro de um veículo. Pensando ser um conhecido ela acenou e continuou o caminho.

O indivíduo a chamou novamente, a agente resolveu ir até o carro e quando chegou na janela do passageiro viu o abusador nu e fazendo gestos obscenos.

O homem puxou a mulher para dentro do carro, mas a policial conseguiu se soltar e correu para um grupo de pessoas que estavam nas proximidades.

Ainda na praça, a vítima encontrou uma viatura e pediu ajuda. A agente informou o modelo do veículo, placa e características do abusador aos colegas.

De acordo com o boletim de ocorrência, durante todo o atendimento, a vítima recebeu apoio de uma equipe da PM. Ela foi orientada a procurar ajuda psicológica no Centro de Apoio Social da Polícia Militar.

Últimas