violência contra a mulher
São Paulo Homem é preso sob suspeita de matar a mulher a marretadas em SP

Homem é preso sob suspeita de matar a mulher a marretadas em SP

Polícia Civil informou que o suspeito já tinha passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, cometido em Natal (RN)

PM foi acionada e prendeu o homem em flagrante, em Osasco (SP)

PM foi acionada e prendeu o homem em flagrante, em Osasco (SP)

Reprodução Google Street View

Um homem, de 61 anos, foi preso, nesta quarta-feira (12), suspeito de matar a mulher a marretadas em Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

Veja mais: Três mulheres são vítimas de feminicídios por dia no Brasil

De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito estava convicto de que sua mulher, Maria Joseane Maceno da Silva, 51, estava traindo ele.

Após uma discussão, o homem teria agredido a mulher com uma marreta. O filho do casal, de 20 anos, estava no banheiro da residência no momento da briga e, ao ouvir os barulhos, saiu e encontrou a mãe ferida. Em seguida, ele segurou o pai até que a polícia chegasse ao local.

A Polícia Militar foi acionada para a ocorrência e prendeu o homem em flagrante. A mulher, por sua vez, foi socorrida e encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Regional de Osasco, mas não resistiu aos ferimentos.

Os dois eram casados há mais de 30 anos. Familiares da vítima negaram que a mulher tivesse qualquer relacionamento extraconjugal.

Em depoimento à polícia, o homem confessou o crime. O suspeito também já tinha passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, cometido em Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Agora, ele vai passar por audiência de custódia, mas o boletim de ocorrência consta que a prisão em flagrante será convertida em preventiva. O caso foi registrado no 3° DP de Osasco.