São Paulo Homem mata vizinha e põe fogo em apartamento para barrar a polícia

Homem mata vizinha e põe fogo em apartamento para barrar a polícia

Suspeito incendiou a própria residência para evitar que policiais conseguissem entrar e, em seguida, pulou do 7º andar do prédio

  • São Paulo | Do R7

Câmera de segurança flagra agressão na garagem

Câmera de segurança flagra agressão na garagem

Reprodução

Uma mulher foi morta dentro de um edifício residencial em São Vicente, no litoral de São Paulo, após ser agredida por um vizinho na escada de emergência do prédio, na última sexta-feira (9). Após ser identificado, policiais foram ao apartamento do suspeito, que ateou fogo ao imóvel e, em seguida, se jogou pela janela do apartamento, que fica no sétimo andar.

Segundo a polícia, o marido da vítima estranhou o fato dela não ter chegado ao trabalho na manhã do crime. O homem solicitou as imagens do circuito de segurança do prédio para entender o que havia acontecido, já que a esposa não foi vista sequer saindo do prédio.

Nas imagens, é possível ver o momento em que a vítima desce pelo elevador, acompanhada por um vizinho do mesmo andar. Ambos vão para a garagem, mas, por algum motivo, a mulher retorna ao elevador e tenta interfonar para o apartamento, de acordo com a polícia.

No mesmo momento, o homem dá um soco no rosto da vítima e a arrasta para a escada de emergência. No local, a vítima foi encontrada pelo marido já morta, com sinais de espancamento.

A polícia foi acionada e subiu ao apartamento do suspeito, que se negou a abrir a porta. Quando os policiais conseguiram entrar no local, o suspeito se atirou do edifício e morreu. A polícia deve investigar o motivo das agressões e se a vítima sofria algum tipo de abuso do vizinho.

Últimas