São Paulo Homem surta, atira em segurança e é morto pela PM em Metrô de SP

Homem surta, atira em segurança e é morto pela PM em Metrô de SP

Passageiro estava sendo levado para hospital quando teria sacado uma arma e atirado. Caso aconteceu na estação Campo Limpo

  • São Paulo | Nayara Paiva, da Agência Record

Estação onde passageiro foi morto após surto

Estação onde passageiro foi morto após surto

Divulgação/Metrô

Um passageiro do Metrô de São Paulo foi morto pela Polícia Militar, nesta sexta-feira (26), após possivelmente surtar e atirar em um segurança da estação do Campo Limpo, da Linha 5-Lilás, na zona sul da capital.

De acordo a Polícia Militar, o usuário do Metrô apresentou sinais de problemas psiquiátricos no interior da estação e, por esse motivo, dois seguranças decidiram conduzi-lo ao Hospital do Campo Limpo.

Quando estavam a caminho do hospital, o passageiro teria sacado uma arma de fogo e atirado na direção dos agentes. Um deles teve ferimento de raspão na cabeça e não corre risco de morrer.

Durante a ação, dois policiais militares passavam pelo local e viram a confusão. Para conter o agressor, os PMs também o balearam e o desarmaram. Tanto o segurança quanto o passageiro foram socorridos e levados ao Hospital do Campo Limpo. No entanto, o usuário do Metrô não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso foi encaminhado ao DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) e deve ser registrado como morte decorrente de intervenção policial. Procurada pela reportagem, a Via Mobilidade, empresa que administra a estação, disse que não se posicionaria sobre o caso por se tratar de uma ocorrência policial.

Últimas