São Paulo Horário de comércio em SP será ampliado a partir de amanhã

Horário de comércio em SP será ampliado a partir de amanhã

Previsão do governo é que a partir do dia 17 de agosto não haja mais limites de horário, nem taxa de ocupação no estado

Capacidade de ocupação passa de 60% para 80% neste domingo (1º)

Capacidade de ocupação passa de 60% para 80% neste domingo (1º)

WESLEY REZENDE /PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 30.07.2021

Com aumento da vacinação e o registro de diminuição no número de casos, mortes e internações por covid-19, o Governo de São Paulo decidiu flexibilizar as regras de combate ao coronavírus. A partir deste domingo (1º), o limite do horário de funcionamento de comércios e serviços não essenciais será estendido das 23h para as 00h, e a capacidade de ocupação passa de 60% para 80%.

O anúncio foi feito na última quarta-feira (28) pelo governador João Doria (PSDB) em sua primeira aparição após ter sido diagnosticado com covid-19 pela segunda vez. Doria anunciou ainda que a partir do dia 17 de agosto não haverá limites de horário, nem de taxa de ocupação no estado.

A última taxa de ocupação divulgada pelo governo é 53% no estado e 49% na Grande São Paulo. De acordo com o secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, os casos caíram 20,6%, as internações, 18,3% e as mortes 9,6%. Até o momento, 76,15% da população com mais de 18 anos tem pelo menos uma dose da vacina, 58,07% da população total do estado tem pelo menos uma dose aplicada e 21,04% da população possui esquema vacinal completo.

Rodízio na capital

O rodízio municipal, que estava suspenso desde 22 março, volta a funcionar em seu modelo tradicional na cidade de São Paulo a partir desta segunda-feira (2).

A prefeitura informou a retomada na última quarta-feira (28). A restrição volta a vigorar nos horários de pico da manhã, das 7h às 10h, e da tarde, das 17h às 20h, de segunda a sexta-feira.

Últimas